MENU

Preso em Salvador PM suspeito de integrar grupo de extermínio

Preso em Salvador PM suspeito de integrar grupo de extermínio

Atualizado: Terça-feira, 6 Setembro de 2011 as 8:46

Um soldado da Polícia Militar está preso no Centro de Custódia Provisória (CCP) do Batalhão da Polícia de Choque de Salvador, acusado de fazer parte de um grupo de extermínio que atuava na capital baiana. O policial está preso desde a quarta-feira (31), quando foi encontrado pela polícia após uma consulta médica no Hospital do Subúrbio. A informação da prisão só foi divulgada na segunda-feira (5) pela Secretaria de Segurança Pública (SSP).

O PM de 42 anos é lotado na 81ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), no bairro de Itinga. Conhecido como “Coroa”, ou “Coronel”, o soldado é acusado de ter participado de pelo menos oito assassinatos, desde 2009, nos bairros próximos à Avenida San Martin. De acordo com a polícia, ele atuava com mais três homens, que permanecem foragidos.

Segundo o Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), familiares de vítimas do grupo de extermínio já estiveram na delegacia para depor e reconhecer os acusados por meio de fotografias. O PM já responde a um processo administrativo na corporação e terá sua participação invesitigada nesse novo delito para responder com as medidas legais cabíveis.      

veja também