MENU

Preso suspeito de fazer disparos em condomínio no Rio, diz polícia

Preso suspeito de fazer disparos em condomínio no Rio, diz polícia

Atualizado: Quarta-feira, 9 Fevereiro de 2011 as 5:07

Um homem foi preso, nesta quarta-feira (9), suspeito de efetuar disparos dentro de um condomínio no Jardim Guanabara, na Ilha do Governador, no Rio. Segundo policiais civis da 37ª DP (Ilha do Governador), durante a madrugada moradores se assustaram com o barulho de tiros e chamaram a polícia.

Os policiais foram até o plantão da Justiça e conseguiram um mandado de busca. Em seguida, se encaminharam para à residência do suspeito, que seria advogado, informou a polícia. Ninguém foi encontrado. No entanto, no local foram achadas duas carabinas, seis pistolas, duas espadas ninja, muita munição, mira laser, luneta além de uma carteira de juiz vencida, segundo a polícia.

Mais tarde, o suspeito foi localizado em um carro conversível em uma rua da região. De acordo com os policiais, ele contou que é um colecionador de armas. O delegado de plantão da 37ª DP, Anderson de Paiva Gabriel, afirmou que isso não dá o direito ao suspeito de atirar próximo de aglomerações.

"Ele pode, todo ano, comprar uma certa quantidade de munição. Assim como ele também pode atirar em clubes de tiro. Ele não pode é atirar de dentro de uma casa, dentro de um condomínio", disse o delegado.

O suspeito foi levado para a 37ª DP (Ilha do Governador) e, segundo Anderson de Paiva, ele poderá responder por disparo de arma de fogo e porte de arma de fogo de uso restrito.    

veja também