MENU

Presos de carceragem interditada na Bahia ainda não foram transferidos

Presos de carceragem interditada na Bahia ainda não foram transferidos

Atualizado: Quinta-feira, 5 Maio de 2011 as 9:07

Os presos abrigados na carceragem da Delegacia de Itacaré, a 428 km de Salvador, ainda não foram transferidos.   O local está interditado   desde o início da tarde de terça-feira (3), por ordem do juiz do município Eduardo Gil Guerreiro.

Segundo a delegada Lisdeili Nobre, provavelmente os detentos serão transferidos para o Presídio Ariston Cardoso, em Ilhéus, que fica próximo a Itacaré. Ainda de acordo com Lisdeili, a data da transferência será decidida pela Corregedoria Geral da Justiça. Ela completou dizendo que desde terça-feira (3) todos os flagrantes feitos em Itacaré estão sendo encaminhados para algum presídio da região. A delegacia da cidade continua funcionando, somente a carceragem foi interditada.

Interdição

A delegada Lisdeili Nobre conta que uma viga que cortava o pátio da cadeia ficou pendurada por uma tereza (corda feita com lençóis) depois da última fuga, ocorrida no dia 23 de abril. Na ocasião, sete presos fugiram e nenhum foi recapturado até o momento. De acordo com a delegada, os servidores estariam correndo perigo ao levar alimentos aos detentos, que não estão recebendo visitas nem tomando banho de sol há mais de uma semana.

A delegacia tem quatro celas, cada uma com capacidade para três presos, mas normalmente abriga um total de 30 detentos, segundo informa a delegada da cidade. Atualmente 16 presos ocupam a cadeia de Itacaré e a previsão é que eles sejam transferidos para presídios da região.

De acordo com a delegada, a viga que ficou pendurada está sendo reformada, mas a carceragem não tem mais condições de abrigar detentos por não ter estrutura física adequada. Segundo ela, a rede hidráulica e de esgoto do local estão completamente comprometidas.

veja também