MENU

Primeira-dama de Londrina será investigada por esquema de desvio

Primeira-dama de Londrina será investigada por esquema de desvio

Atualizado: Quinta-feira, 19 Maio de 2011 as 4:05

Policiais e promotores cumpriram mandados de busca e apreensão na Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização de Londrina (CMTU), na manhã desta quinta-feira (19). Teria havido também apreensão de documentos na casa do presidente do órgão, André Nadai.

De acordo com o promotor de Defesa do Patrimônio Público de Londrina, Renato de Lima Castro, “foram feitas as apreensões possíveis [na manhã de quinta]”.

Segundo o promotor, um depoimento citou diretamente a primeira dama da cidade, Ana Laura Lino. Ela teria pressionado o Conselho de Saúde para que escolhesse a empresa Instituto Atlântico como uma das gestoras de programas locais de saúde. Com isso, receberia dinheiro. Até o momento, o prefeito Barbosa Neto (PDT) nega conhecimento do esquema.

De acordo com o promotor Castro, a primeira dama será investigada “tanto quanto qualquer outra pessoa”.

Detalhes sobre a operação não foram divulgados, para que não haja interferência nas investigações, disse um delegado. Porém, ele é um desdobramento da Operação Antissepsia – pela qual 20 pessoas foram presas suspeitas de participação em um esquema de desvio de dinheiro da saúde pública.

Na ocasião das prisões, o ex-procurador-geral de Londrina Fidélis Canguçu foi preso. Ele foi assessor jurídico da CMTU, antes de ocupar o cargo na prefeitura. A busca por documentos está ligada aos depoimentos colhidos durante a Antissepsia.

Durante a tarde desta quinta-feira (19), Ana Laura Lino se apresentou ao Ministério Público de Londrina acompanhada do advogado, Luiz Carlos Mendes, mesmo sem ser convocada. Ela ficou no prédio do MP por 20 minutos, mas não prestou depoimento, pois não havia nada agendado previamente.

Segundo o advogado, o sigilio fiscal, telefônico e bancário da primeira-dama estão a disposição do Ministério Público e que as informações divulgadas sobre a cliente não são verdadeiras.          

veja também