MENU

Procuradoria denuncia superintendente da Zona Franca de Manaus

Procuradoria denuncia superintendente da Zona Franca de Manaus

Atualizado: Quinta-feira, 31 Março de 2011 as 8:19

O Ministério Público Federal no Amazonas ajuizou ação contra Flávia Grosso, superintendente da Zona Franca de Manaus, a quem acusa de improbidade administrativa.

Ela e dirigentes da Fucapi (Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica) são suspeitos de lesar o patrimônio público e de enriquecimento ilícito.

A Fucapi é uma entidade privada criada com recursos públicos federais para prestar serviços à Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus), autarquia federal que concede os incentivos fiscais às indústrias.

Segundo o MPF, uma investigação detectou licitação da Suframa direcionada à Fucapi. O contrato era de prestação de serviços técnicos e de assessoria.

"É uma verdadeira orgia com o dinheiro público decorrente de uma licitação sem projeto básico adequado e direcionada para uma entidade que, estruturada com recursos federais, presta serviços onerosamente há décadas à Suframa", afirmou o MPF.

Em março, por ação também do MPF, a Justiça Federal bloqueou um veículo e dinheiro em conta-corrente de Grosso, e de mais quatro pessoas, depois de uma investigação num contrato com o Cieam (Centro das Indústrias do Estado do Amazonas). O total dos bens bloqueados somou R$ 3,7 milhões.

Flávia Grosso foi a primeira mulher a assumir a superintendência, em 2003. Seu nome ainda não foi confirmado para continuar à frente da Suframa no governo Dilma Rousseff.

A Suframa divulgou uma nota informando que tomou conhecimento da investigação do Ministério Público Federal e que fará um pronunciamento, mas não divulgou a data.

Na ocasião do bloqueio de bens em março, a superintendente Flávia Grosso negou as acusações de enriquecimento ilícito e improbidade administrativa. Disse que dedicou sua vida ao trabalho na autarquia.

"Tenho convicção que sempre me pautei pela legalidade e tecnicidade das decisões", afirmou.

veja também