MENU

Professor afirma ter sido vítima de ataque homofóbico

Professor afirma ter sido vítima de ataque homofóbico

Atualizado: Sábado, 26 Março de 2011 as 10:50

O professor Guilherme Augusto Rodrigues, 23, acusou ontem quatro rapazes com idades entre 18 e 21 anos de tê-lo agredido com motivação homofóbica.No suposto ataque, ocorrido na esquina das ruas Augusta e Peixoto Gomide, próximo à avenida Paulista, zona central da cidade, um dos rapazes teria desferido um soco na boca do professor. A PM deteve os suspeitos e os encaminhou para o 4º DP.

Ontem, a Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância ouviu a vítima e dois dos supostos agressores. Eles não foram presos.

A região da avenida Paulista já foi palco de diversas agressões com suspeita de motivação homofóbica.

No dia 25 de janeiro, um doutorando da USP, homossexual, afirmou ter sido agredido, com um amigo, com uma garrafada no olho direito. Ele atribui a ação a um ataque homofóbico.

No dia 14 de novembro, um grupo de cinco jovens atacou três pessoas em dois momentos diferentes.   FOlha.com

veja também