MENU

Professor morto em assalto no CE tentava ajudar mulher a sair do carro

Professor morto em assalto no CE tentava ajudar mulher a sair do carro

Atualizado: Quarta-feira, 21 Setembro de 2011 as 4:36

O professor morto em assalto nesta quarta-feira (21) no Bairro Benfica, em Fortaleza, tentava retirar a mulher do carro quando foi atingido por um tiro e morreu, de acordo com o inspetor-chefe do 3º Distrito Policial Gleidison Carlos. O inspetor diz que já identificou os dois suspeitos de latrocínio, roubo seguido de morte, e informa que as investigações estão “bastante adiantadas”.   Segundo Gleidson Carlos, o professor Vicente de Paulo Miranda Leitão, de 44 anos, foi abordado por dois homens, um deles armado. Os suspeitos anunciaram que levariam o veículo, de acordo com o inspetor. O professor saiu do carro e a mulher, nervosa, diz Gleidson, não conseguiu remover o cinto de segurança para sair do carro.

“Ele viu que a mulher não conseguia soltar o cinto e foi ajudá-la. Quando ele se aproximou, o suspeito deu tiro um para cima, talvez, de alerta para ele não se aproximar”, explica o policial. Ainda de acordo com o inspetor do 3º Distrito Policial, o professor tentou novamente se aproximar para ajudar a esposa a tirar o cinto. “Na segunda, o tiro atingiu o professor e o levou a óbito”, diz.

O policial não soube explicar o local onde Vicente de Paulo foi baleado. A mulher da vítima conseguiu sair do veículo e não teve ferimentos. Vicente era natural de Sobral, na região Norte do Ceará, professor do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia (IFCE) do campus de Sobral.

Vicente morreu no local, antes da chegada ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), de acordo com o policial Gledison Carlos, baseado em depoimentos de testemunhas do crime.          

veja também