MENU

Professor que atirou em vizinhos em General Salgado sumiu

Professor que atirou em vizinhos em General Salgado sumiu

Atualizado: Terça-feira, 3 Abril de 2012 as 11:23

A Polícia de General Salgado (SP) busca o professor de ciências João Tadeu Arruda, de 62 anos, que, de acordo com as investigações, atirou em cortadores de cana durante discussão e provocou a morte de um dos vizinhos.

Segundo o delegado Eduardo Pandini, responsável pelo caso, o homem ainda não foi localizado. “Nós não conseguimos encontrar o professor que, ao cometer o crime, fugiu. Nem conseguimos achar pistas sobre o paradeiro do homem. Mesmo assim continuamos as investigações no caso”, relatou.

A briga teria ocorrido após o professor pedir silêncio para os vizinhos, que estavam na cidade havia 3 meses para trabalharem na safra de cana-de-açúcar. Irritado por não conseguir o que pediu, o professor entrou dentro de casa, pegou uma carabina  e disparou 5 vezes contra os vizinhos.

Dois tiros acertaram José Raimundo Ferreira de 32 anos. Um rapaz de 19 anos também foi baleado e socorrido no hospital da cidade.

Revoltados com o fato, vizinhos apedrejaram e colocaram fogo na casa do professor. As chamas foram apagadas por outros moradores da rua, que não acreditam que ele teria sido capaz de cometer o crime.

A arma utilizada, uma carabina calibre 22, foi encontrada pelos policiais nesta segunda-feira (2). O caso continua sendo investigado.

veja também