MENU

Professoras de creche no interior de SP são suspeitas de agredir 12 crianças

Professoras de creche no interior de SP são suspeitas de agredir 12 crianças

Atualizado: Quinta-feira, 11 Fevereiro de 2010 as 12

Três professoras de uma creche no Jardim Itapema, na Zona Norte de São José do Rio Preto, a 438 km de São Paulo, são suspeitas de agredir pelo menos 12 crianças com idades entre 1 ano e meio e 3 anos. A denúncia foi feita por funcionários e, por isso, a direção da creche instalou câmeras de segurança nas salas de aula.

Segundo a delegada da Mulher da cidade, Dálice Ceron, que está acompanhando o caso, as imagens mostram as agressões por parte das acusadas e estas incentivando agressões mútuas entre as crianças.

De acordo com a delegada, as imagens comprovam a denúncia e foram encaminhadas ao Instituto de Criminalística (IC) da Polícia Civil, que vai analisar e emitir um laudo que apontará se houve ou não agressão por parte das professoras. A Delegacia da Mulher de Rio Preto abriu inquérito para apurar o caso.

A creche, que é particular mas tem convênio com a prefeitura do município, atende ao menos 220 crianças por dia. De acordo com a direção da instituição, ao ser constatada a primeira agressão a uma das crianças, logo depois da instalação das câmeras de segurança, foi registrado um boletim de ocorrência na Delegacia da Mulher. Duas das professoras suspeitas foram demitidas e a terceira, afastada de suas funções.

veja também