MENU

Programa Lixo Zero chega às ruas do Rio e à praia de Copacabana

Programa Lixo Zero chega às ruas do Rio e à praia de Copacabana

Atualizado: Terça-feira, 3 Setembro de 2013 as 6

lixo zero
Quem jogar lixo nas ruas de Copacabana ou nas areias da praia do bairro, na Zona Sul do Rio, poderá ser multado a partir desta terça-feira (3). O programa Lixo Zero, que adotou punição para aqueles que descartem resíduos no chão, chega à região após multar quase 500 pessoas em apenas uma semana de funcionamento apenas no Centro da cidade.
 
Serão 126 profissionais percorrendo as ruas e a orla da "Princesinha do Mar", trabalhando de três em três. O trio — formado por um agente da Comlurb, um guarda municipal e um PM — poderá penalizar, inclusive, quem jogar lixo na areia da praia. A multa vai de R$ 98 a R$ 3 mil, conforme o tamanho do objeto.
 
Presidente da Comlurb, Vinicius Roriz, explica que há diferenças entre os dois primeiros bairros enquadrados no programa. "Lá (em Copacabana) tem um misto de área comercial e área residencial. A gente vai observar alguma outras infrações de limpeza urbana, que são diferentes do Centro, que é essencialmente comercial", contou.
 
Em outubro, o Lixo Zero deve chegar à Zona Norte e Oeste.
 
O custo do lixo
Em 2012 foram recolhidas 1.225.690 toneladas de resíduos das ruas, praias e encostas da cidade. O número é equivalente a três estádios do Maracanã repletos de lixo.
 
Limpar a sujeira jogada no lugar errado custa caro ao contribuinte; aproximadamente R$ 600 milhões por ano. Se fosse possível reduzir em apenas 15% a quantidade de lixo, o dinheiro economizado seria suficiente para construir 1.184 casas populares, 30 clínicas da família ou 22 creches.
 

veja também