Promessas de Kassab ficam para o último ano da gestão

Promessas de Kassab ficam para o último ano da gestão

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:17

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), chega a seu último ano de mandato sem concluir a maioria das principais promessas feitas durante a eleição.

A informação é da reportagem de José Benedito da Silva e Marina Gama, publicada na edição desta sexta-feira da Folha.

A Folha avaliou os nove compromissos mais difundidos pelo prefeito na campanha de 2008, em comícios, debates e programas na TV.

Entre aqueles que dificilmente serão cumpridos está acabar com a espera por creche --a fila, que era de 57,6 mil crianças em 2008, chegou a 174,1 mil este ano.

Em outro dos principais compromissos --ampliar os serviços de saúde--, Kassab terá que viabilizar em 2012 três hospitais e 50 ambulatórios odontológicos prometidos, todos por ora no papel.

Por outro lado, a prefeitura concluiu a reforma do Theatro Municipal e da Biblioteca Mário de Andrade, além de ter investido 70% da verba prometida para o metrô.

A maioria das promessas foi incluída na Agenda 2012, o seu plano de metas. Balanço divulgado na quinta-feira (29) por Kassab mostra que 60 das 223 metas (27%) foram cumpridas e 160 estão em andamento.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições