MENU

Promotor do Rio defende transferência de presos

Promotor do Rio defende transferência de presos

Atualizado: Quinta-feira, 2 Dezembro de 2010 as 9:24

O promotor de Justiça do Rio, Francisco de Assis Cardoso, defendeu nesta quinta-feira (02) a transferência de presos para presídios federais. Questionado sobre a eficácia dessa medida, já que as ordens para os ataques criminosos no Rio teriam saído de Catanduvas (PR), ele reiterou a importância de isolar os principais traficantes do Rio

“É uma medida indispensável à manutenção da paz. Sem a retirada deles para o envio em um ponto geograficamente distante não conseguimos cortar a comunicação deles com o mundo exterior.

Cardoso lembrou ainda que estes presos têm um tratamento conhecido como RDD (Regime Disciplinar Diferenciado).

O preso do RDD tem um tratamento distinto e celas individuais. As visitas íntimas e qualquer outra forma de comunicação com o mundo exterior são monitoradas para que ele não passe informações.

Uma resposta do Estado

A operação no Complexo do Alemão faz parte da reação da polícia à onda de violência que tomou conta do Rio de Janeiro na última semana, quando dezenas de carros foram incendiados em vários pontos do Rio de Janeiro e houve ataques a policiais.

A ação dos criminosos foi vista pelo governo estadual como uma resposta às UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) instaladas nos dois últimos anos em comunidades antes dominadas pelo tráfico.

Para conter os ataques, a polícia, com apoio das Forças Armadas, realizou uma grande ofensiva na última quinta-feira (25) na Vila Cruzeiro, forçando a fuga de centenas de traficantes para o vizinho Complexo do Alemão, onde foram cercados nos dois dias seguintes.

veja também