MENU

PSB descarta fusão com futuro partido de Kassab

PSB descarta fusão com futuro partido de Kassab

Atualizado: Terça-feira, 15 Março de 2011 as 8:18

A cúpula do PSB começou a defender a coligação, e não mais uma fusão, como saída para o partido se aliar ao PDB (Partido da Democracia Brasileira), sigla a ser criada pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM). Integrantes da executiva nacional e líderes do PSB no Congresso pretendem postergar qualquer discussão sobre a fusão para depois da eleição municipal de 2012.

Em jantar na casa do governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, há cerca de 15 dias, a ideia foi lançada pelas principais lideranças do PSB como a alternativa "mais sensata" no momento. A proposta enfraquece os planos de Kassab de lançar neste ano uma terceira força partidária, que faria um contraponto à polarização entre PSDB e PT nas próximas eleições.

"Não há necessidade de discutir a incorporação ou a fusão neste momento", afirmou Casagrande, para quem a discussão após 2012 "é mais madura". "Não vamos antecipar o debate, mas vamos nos manter próximos", completou o governador.

"Ano que vem tem eleição. Dá-se impressão de que essa é uma tática ou estratégia para burlar a Justiça. No momento, preferimos que Kassab crie o partido e, lá na frente, se for conveniente, vamos sentar e conversar", disse Antonio Carlos Valadares (SE), líder do PSB no Senado.

veja também