MENU

PSDB acusa petistas de plágio em slogans

PSDB acusa petistas de plágio em slogans

Atualizado: Quinta-feira, 22 Abril de 2010 as 12

Depois da acusar a campanha de José Serra (PSDB) de copiar "o Brasil pode mais" de discursos do presidente Lula e da pré-candidata do PT Dilma Rousseff, os tucanos lembraram que "Compromisso com o futuro", título do artigo da ex-ministra na revista "Veja", foi slogan de Mário Covas (PSDB) na campanha ao governo do Estado de SP em 1994, informa o "Painel" da Folha, editado por Renata Lo Prete, na edição desta quinta-feira, dia 22.

Tucanos ainda observam que "a favor do Brasil", cogitado pelas campanhas dos petistas Aloizio Mercadante ao Estado e de Marta Suplicy ao Senado, é a "assinatura" de comerciais do PSDB.

Os slogans das campanhas têm criado polêmica inclusive entre a militância. No início da semana, o coordenador da campanha na internet de Dilma, o ex-diretor da Campus Party Marcelo Branco disse que via no jingle sobre os 45 anos da TV Globo uma mensagem sublimar favorável ao pré-candidato tucano José Serra.

Branco lançou suspeita sobre o jingle da emissora, que, segundo ele, fazia referência ao slogan "o Brasil pode mais" dito por Serra no lançamento de sua pré-candidatura. Na mesma linha, o coordenador de Dilma atribuía ao "45" uma mensagem subliminar --45 é o número do PSDB e a idade da emissora.

As suspeitas provocaram reações de aliados e opositores da campanha petista. De acordo com o "Painel", Branco foi alertado pelo comando da campanha de que suas novas funções o impedem de se manifestar como bem entender. Por isso ele teria escrito no Twitter que suas declarações tinham sido dadas "em caráter pessoal".

O líder do PSDB na Câmara, João Almeida (BA), classificou de autoritária a suspeita levantada pela campanha petista de que o vídeo de 45 anos da Globo fazia alusão ao pré-candidato José Serra.

veja também