MENU

PSDB barra na Justiça propaganda do PPS no Maranhão

PSDB barra na Justiça propaganda do PPS no Maranhão

Atualizado: Quarta-feira, 29 Junho de 2011 as 8:44

O PSDB maranhense conseguiu barrar na Justiça a veiculação de propagandas partidárias do PPS local no rádio e na TV.

O diretório tucano alegou que se tratava de propaganda eleitoral antecipada e obteve uma liminar no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Maranhão.

Na inserção de 30 segundos, que foi ao ar na sexta-feira, a deputada Eliziane Gama (PPS), vice-presidente do partido no Maranhão, fez críticas à administração do prefeito tucano João Castelo (PSDB). Segundo o PPS, 14 inserções deixaram de ser veiculadas.

Na decisão, a juíza Marcia Chaves, integrante do TRE-MA, afirma que o material do PPS é uma "propaganda eleitoral velada", na qual a deputada critica a "trafegabilidade das vias locais e apresenta-se subliminarmente" como alternativa na disputa pela prefeitura.

Na representação feita ao TRE-MA, o diretório do PSDB afirma que a deputada está "construindo a sua candidatura a prefeita" e que tem feito "ataques sistemáticos" à gestão de Castelo na tribuna da Assembleia.

Aliados na esfera nacional, os PPS e PSDB devem se enfrentar na eleição para a prefeitura de São Luís, em 2012. Castelo, eleito em 2008, deve disputar a reeleição, e a deputada Eliziane Gama é um dos nomes em discussão para concorrer ao cargo pelo PPS.

A deputada disse que o diretório do PPS já recorreu da decisão. Segundo Gama, as inserções expressam o que pensa o partido, que busca uma "cidade mais humana e organizada". "Dissemos que a cidade precisa ser tratada com carinho, com ruas asfaltadas e praças arborizadas. É um compromisso do PPS."

A deputada diz que tem legitimidade para fazer críticas à administração de Castelo.

veja também