MENU

PSDB fará representação contra Lula e Dilma por ato em São Bernardo

PSDB fará representação contra Lula e Dilma por ato em São Bernardo

Atualizado: Segunda-feira, 12 Abril de 2010 as 12

O advogado do PSDB, Ricardo Penteado, anunciou que o partido entrará com uma representação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a pré-candidata à Presidência Dilma Rousseff, além dos presidentes da CUT e da Força Sindical, sob a acusação de uso eleitoral da estrutura sindical no evento montado no sábado, no Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo, para se contrapor ao lançamento ao Planalto de José Serra (PSDB), em Brasília.

"Pela lei, os recursos sindicais, compostos pela contribuição dos trabalhadores, não podem ser usados em campanha eleitoral", disse Penteado. Ele pede aplicação de multa, além de responsabilização dos dirigentes sindicais.

O ato das centrais sindicais foi anunciado como um debate com Lula e Dilma sobre qualificação profissional. Acabou se transformando em uma série de discursos pró-Dilma.

Lula abriu sua fala dizendo que estava ali "para convencer [a plateia] a votar em Dilma". Ele fez duros ataques à oposição, em especial ao slogan tucano "O Brasil Pode Mais".

O presidente Lula recebeu duas multas recentes do TSE por campanha eleitoral antecipada a favor da pré-candidata petista. Sábado, ele defendeu que a Justiça e o Congresso tornem a lei eleitoral mais clara.

Em resposta ao PSDB, o presidente do PT, José Eduardo Dutra, afirmou que o evento sindical ocorreu em local fechado, como permite a lei, e que o presidente estava como militante, fora do expediente.

"Tem que ter bom senso por parte de quem está disputando voto", disse Dutra. Ele afirmou que os tucanos fazem "chicana jurídica". "Parece que o PSDB quer ganhar no tapetão".

Por: Catia Seabra e Ana Flor

veja também