MENU

PT acredita em nome de consenso para a Presidência da Câmara

PT acredita em nome de consenso para a Presidência da Câmara

Atualizado: Terça-feira, 14 Dezembro de 2010 as 12:59

A bancada do PT está reunida neste momento para definir quem disputará a Presidência da Câmara pelo partido. Concorrem à indicação os deputados Cândido Vaccarezza (SP), líder do governo; Arlindo Chinaglia (SP), ex-presidente da Casa; e Marco Maia (RS),  atual vice-presidente.

Antes do início da reunião, Vaccarezza e Marco Maia defenderam voto aberto, se não houver acordo em torno de um nome. Os dois acreditam, no entanto, na possibilidade de um consenso na reunião, que ocorre na sede do partido em Brasília. Marco Maia ainda informou que o líder do PMDB na Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (RN), reafirmou hoje o apoio de seu partido à decisão do PT.

Pela tradição, o partido com a maior bancada preside a Casa. O PT terá na próxima legislatura, que começa em 2011, o maior número de deputados (88), seguido pelo PMDB (79). Os dois partidos fizeram um acordo, no entanto, para se revezarem no comando da Casa. Cada partido ocupará a Presidência por dois anos. Ainda não foi definido quem ficará com o primeiro biênio.

Apesar da tradição e do acordo, no entanto, o regimento permite que os demais partidos e candidatos avulsos disputem o cargo.

veja também