MENU

PT anuncia candidatura de Fernando Haddad à Prefeitura de SP

PT anuncia candidatura de Fernando Haddad à Prefeitura de SP

Atualizado: Sexta-feira, 11 Novembro de 2011 as 2:15

O Partido dos Trabalhadores anunciou nesta sexta-feira (11) que o ministro da Educação, Fernando Haddad , será o candidato da legenda na disputa pela Prefeitura de São Paulo em 2012.

"Já temos um candidato", disse o presidente nacional do PT, Rui Falcão, logo após anunciar a desistência da pré-candidatura dos deputados federais Jilmar Tatto e Carlos Zarattini, que abriram mão da disputa em favor da unidade do partido em torno do nome do ministro da Educação.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, em encontro na sede nacional do PT que confirmou sua candidatura à Prefeitura de São Paulo (Foto: Roney Domingos / G1) As desistências eliminam a necessidade de prévia no partido, uma vez que outros dois pré-candidatos, os senadores Marta Suplicy e Eduardo Suplicy também abriram mão da disputa. O nome de Haddad é defendido desde o início pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Vamos estabelecer conversas com os partidos aliados, vamos ver quais são as atuações possíveis dentro de nosso campo político. Vamos compor uma direção de campanha apta a competir em condições de vencer. Temos condições de vencer com a experiência acumulada já no terceiro mandato no governo federal. Agradeço em meu nome todos os que me apoiaram na primeira hora e todos os que estão me apoiando agora", disse o ministro.

O deputado Carlos Zarattini disse que a decisão em torno do nome de Haddad foi tomada após acordo. "Se constituiu em torno do Fernando uma maioria, não só política, mas numérica. Nós tivemos oportunidade de realizar o debate. Construímos uma massa crítica em torno do programa do PT", disse Zarattini.

"Conquistamos uma unidade muito forte no PT de São Paulo. (...) Grande abraço, desejo de vitória e de grande campanha ao Fernando", disse Zarattini. Fernando Haddad completou que sua candidatura é fruto de uma "maioria estável".

"Para mim foi uma honra ter participado das caravanas do PT. Isso nos deu enorme oportunidade de conhecer o pensamento do paulistano filiado ao partido. As prévias não se realizarão em virtude daquilo que Zarattini mencionou. Não havia necessidade de, para fins formais, dar a público aquilo que já era conhecimento de todos, de que já existe uma maioria estável", disse Haddad.

Jilmar Tatto disse que Fernando Haddad tem "capacidade de articulador".

"Todos nós aprendemos muito nesse processo. Aprendi com os outros e também com o Fernando Haddad. Ele tem uma visão de cidade estratégica. O Fernando, com sua competência e capacidade de articulador, conseguiu uma maioria. Ir para a disputa iria esgarçar o partido. Só me resta abrir mão de disputar as prévias e unir forças", disse Jilmar Tatto.

O deputado Jilmar Tatto disse ainda que a candidatura de Haddad é "uma homenagem ao presidente Lula que está passando por um momento difícil".

José Serra

Em outro evento na capital paulista, o ex-governador de São Paulo José Serra (PSDB) afirmou nesta sexta-feira (11) que não pretende disputar a prefeitura de São Paulo nas eleições do próximo ano porque seu foco é a "questão brasileira".

“Minhas questões são com relação ao Brasil. Estou focado é na questão brasileira, não municipal”, disse Serra após negar intesse na disputa. Ele falou sobre o tema após a cerimônia de posse do cardiologista Roberto Kalil Filho como professor titular do Departamento de Cardiopneumologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. A presidente Dilma Rousseff também compareceu ao evento.

Serra voltou a defender a realização de prévias em seu partido para definição do nome que concorrerá. Atualmente, são quatro pré-candidatos: os secretarios estaduais José Aníbal (Energia), Andrea Matarazzo (Cultura) e Bruno Covas (Meio Ambiente) e o deputado federal Ricardo Tripoli.

"A prévia no PSDB tem quatro candidatos, está marcada a  prévia. Vamos para as prévias porque senão desmobiliza o partido, desmobiliza a militância", afirmou José Serra.

Nesta quinta, o diretório municipal do PSDB decidiu realizar debatesm entre os pré-candidatos, que devem ser realizados entre os dias 24 de novembro e 8 de dezembro.        

veja também