MENU

Pulmão gigante vai alertar população sobre risco de doenças respiratórias

Pulmão gigante vai alertar população sobre risco de doenças respiratórias

Atualizado: Quarta-feira, 9 Junho de 2010 as 10:40

Faltam treze dias para a chegada oficial do inverno e os agasalhos já saíram do armário. As baixas temperaturas já podem ser sentidas em todo o estado desde meados de maio. As próximas semanas também prometem dias frios e trazem a preocupação com doenças respiratórias, que ficam mais comuns nessa época do ano.

Para alertar a população sobre as doenças pulmonares, a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia, em parceria com a Sociedade Mineira de Pneumologia e Cirurgia Torácica (SMPCT) e o departamento científico da Associação Médica de Minas Gerais, montará um pulmão gigante na Praça do Papa, no Bairro Mangabeiras, Região Centro-Sul de BH.

O pulmão inflável de 190 metros quadrados será aberto à visitação do dia 10 ao dia 13 de junho. São sete salas onde os monitores e pneumologistas vão alertar a população sobre prevenção, sintomas e tratamentos. As visitas podem ser feitas de 8h às 17h e a entrada é gratuita.

Dados da SMPCT revelam que as doenças respiratórias vêm logo atrás dos partos e gestações como causas de internações hospitalares.

As doenças pulmonares mais comuns são asma, tuberculose, pneumonia, câncer de pulmão, infecções virais e doença pulmonar obstrutiva crônica. As enfermidades acometem principalmente crianças e idosos. A SMPCT também revela que distúrbios respiratórios são a maior causa de morte entre crianças de até um ano e entre adultos com mais de 70.

O Sistema Único de Saúde (SUS) atende 900 mil casos por ano de pneumonia. A terceira causa de hospitalização pelo SUS é a asma. A sociedade alerta também para o fato de que a doença pulmonar obstrutiva crônica é a quinta doença mais letal do Brasil, matando cerca de 30 mil pessoas ao ano, ou seja, quase três por hora.

veja também