MENU

Quadrilha é suspeita de adulterar combustíveis; PF faz operação

Quadrilha é suspeita de adulterar combustíveis

Atualizado: Quarta-feira, 21 Março de 2012 as 9:23

A Polícia Federal (PF) deflagrou uma operação no início da manhã desta quarta-feira (21) contra uma quadrilha suspeita de adulterar combustíveis, sonegar impostos através de uma rede de postos de combustíveis e de envolvimento em lavagem de dinheiro. Devem ser cumpridos 93 mandados de busca e apreensão em 16 cidades dos estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo.

De acordo com a assessoria da PF, a quadrilha está sediada em Guarapuava, a 257 km de Curitiba, cidade a base da Operação Hidra, e as investigações que levaram a esta operação foram conduzidas pelo Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Paraná.

Os mandados foram expedidos pela 2ª. Vara Criminal de Guarapuava, para apreensão de documentos fiscais e contábeis, extratos bancários, veículos, cheques e dinheiro em espécie, além de armas e drogas. No Paraná, os mandados de busca e apreensão devem ser cumpridos, além de Guarapuava, em Curitiba, Imbituva, Londrina, Bandeirantes, Campo Mourão, Cascavel, Assis Chateaubriand, Marechal Cândido Rondon e Medianeira. Em Santa Catarina, nas cidades de Balneário Camboriú, Blumenau, Lages e Ponte Alta. Já em São Paulo, mandados serão cumpridos em Marília e Ourinhos.

A quadrilha investigada também deve responder por fraude à execução fiscal, blindagem patrimonial, ocultação de bens e direitos e evasão de divisas, além de formação de quadrilha, falsificação de documentos e falsidade ideológica.

Mais de 300 servidores da PF, Polícia Militar, Polícia Civil, Receita Federal e da Secretaria de Fazenda do Paraná trabalham no cumprimento dos mandados. Vários postos de combustíveis serão fiscalizados e a Polícia Federal espera cumprir prisões em flagrante no decorrer das operação.

veja também