MENU

Quase cem são internados durante operação na Cracolândia

Quase cem são internados durante operação na Cracolândia

Atualizado: Quinta-feira, 19 Janeiro de 2012 as 4:12

 Ao menos 99 pessoas foram internadas e 358 foram encaminhadas para hospitais e serviços de saúde desde o início da operação na Cracolândia, no Centro deSão Paulo, no dia 3 de janeiro. Ao todo, agentes de saúde fizeram 2.189 abordagens de dependentes químicos e outros na região até a tarde desta quinta-feira (19), segundo balanço divulgado pelo governo do estado.


A Polícia Militar já realizou 6.550 abordagens na região, sendo que 128 pessoas foram presas e 43 foragidos foram recapturados. Foram apreendidas 10,4 mil pedras de crack na operação, o equivalente a 3,5 kg da droga. Junto com apreensões de maconha e cocaína, foram recolhidos 62,1 kg de entorpecentes.


Ao menos 1.459 moradores de rua na região, que inclui bairros como Luz e Santa Cecília, foram enviados para abrigos. Os agentes sociais abordaram 2.215 pessoas desde o início da operação. A Prefeitura retirou 128,3 toneladas de lixo da área até a tarde desta quinta.

Mais de 5.300 pessoas passaram por atendimento nos serviços sociais da Prefeitura, na região da Cracolândia. Dessas, 261 também foram encaminhadas para atendimento em saúde.
Na manhã desta quarta-feira (18), a Prefeitura de São Paulo iniciou a demolição de seis imóveis na região da Cracolândia. Eles ficavam no quarteirão das ruas Dino Bueno e Helvétia e corriam risco de desabar, de acordo com a Secretaria de Coordenação das Subprefeituras.


Na manhã desta quarta-feira (18), a Prefeitura de São Paulo iniciou a demolição de seis imóveis na região da Cracolândia. Eles ficavam no quarteirão das ruas Dino Bueno e Helvétia e corriam risco de desabar, de acordo com a Secretaria de Coordenação das Subprefeituras.


A secretaria disse que os imóveis haviam sido invadidos por usuários e traficantes de drogas e estavam condenados.


veja também