MENU

'Quero justiça', diz mãe de garota de 17 anos espancada por companheiro

'Quero justiça', diz mãe de garota de 17 anos espancada por companheiro

Atualizado: Terça-feira, 31 Maio de 2011 as 11:36

        A mãe da adolescente de 17 anos espancada pelo companheiro dentro de casa em Patos de Minas, no Alto Paranaíba de Minas Gerais, pediu justiça e disse que está sendo ameaçada pelo suspeito da agressão, que está foragido. “Eu quero justiça, porque ele ainda está solto. Ele está me ligando, está me ameaçando”, disse Luiza Pereira.

A agressão aconteceu no domingo (29). A adolescente foi torturada por cerca de 12 horas, segundo a polícia, e depois o companheiro dela fugiu. Por causa do espancamento, a vítima perdeu um rim a parte do intestino. Ela está internada no Hospital Regional Antônio Dias, na cidade, onde passou por cirurgia. Ela tem hematomas no rosto e por todo corpo, além de marcas de mordidas. Nesta segunda-feira (29), a unidade de saúde informou que a garota estava consciente e com quadro clínico estável.

“As agressões começaram na madrugada de sexta para sábado, ele [o companheiro da adolescente] chegou a dar banho na vítima e continuar as agressões. E quando ele percebeu que ela não conseguia se mexer, se levantar, ele a trancou na residência já na tarde de sábado e evadiu deixando a chave na casa de uma tia”, disse a assessora de comunicação da Polícia Militar, tenente Raquel Bessa. O casal vivia junto há mais de um ano.

A Polícia Militar (PM) disse que a violência aconteceu por causa de uma crise de ciúmes e que o agressor já foi identificado e tem 26 anos. A vítima foi mantida em cárcere privado e ferida com chutes, tapas e socos. Um bastão de madeira também foi usado para machucá-la. Ela foi socorrida pela polícia e pelos bombeiros. De acordo com o delegado Elber Barra, a prisão preventiva deve ser pedida.          

veja também