Reações adversas em animais de baixo peso fazem São Paulo suspender vacinação contra raiva

Reações adversas em animais de baixo peso fazem São Paulo suspender vacinação contra raiva

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:16

A campanha de vacinação contra a raiva foi suspensa ontem (19), temporariamente, em todo o estado de São Paulo. O aparecimento de casos de reações adversas em animais com baixo peso (cerca de 6,5 quilos) foi o motivo da suspensão. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, foram registrados sete casos de choque anafilático, nas cidades de São Paulo e Guarulhos, que resultaram na morte de quatro gatos e dois cães. Na capital paulista, a campanha teve início na última segunda-feira (16). Dos 121.691 animais imunizados, 567 apresentaram reações como prostração, anorexia, dificuldade respiratória, convulsões e hemorragias. A maioria dos casos graves (85,3%) foi registrada entre os gatos.

No município de Guarulhos, na Grande São Paulo, ocorreram 40 reações adversas entre 42.860 animais vacinados no período de 9 a 13 de agosto.

Por meio de nota, a secretaria afirmou que o Instituto Pasteur está investigando os casos e que aguarda orientações do Ministério da Saúde, responsável pela compra e distribuição dos lotes do medicamento.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições