MENU

Receita vai leiloar 25 carros de luxo no ES

Receita vai leiloar 25 carros de luxo no ES

Atualizado: Quarta-feira, 23 Junho de 2010 as 10:21

Avaliado em R$ 268 mil, um Chevrolet Corvette Cupê, ano 2008, novo, será oferecido amanhã pelo preço inicial de R$ 130 mil, no leilão em que Receita oferecerá 25 carros importados de luxo, 739 motocicletas e vários outros produtos apreendidos pela alfândega do Porto de Vitória (ES).

Estarão à venda no leilão desde 5.800 quilos de incenso até 4 mil toneladas de carvão coque para alto-fornos, importado irregularmente da Espanha para a Companhia Siderúrgica de Tubarão (CST). Entre outros itens, 240 suéteres e 505 cardigãs, em cashmere, com documentos de importação em nome da Daslu, loja de luxo em São Paulo envolvida em importação irregular.

A venda apenas esvaziará parte dos depósitos da Receita em Vitória, já que há mais 70 veículos em processo de desembaraço para novo pregão até o fim do ano. A expectativa é arrecadar mais de R$ 10 milhões. Mas ainda prevalecerá a regra de só serem aceitos lances de pessoas jurídicas, segundo o inspetor da alfândega, Fábio Miranda Coradine. As compras terão de ser à vista ou com 20% no ato e os 80% restantes em até oito dias.

Os carros importados são os que mais atraem a atenção. Eles foram apreendidos em duas operações recentes: Titanic, em abril de 2008, e Poseidon, em outubro de 2009. Na Titanic, os veículos eram da TAG Importação, empresa aberta em Porto Velho (RO) para se beneficiar de isenções fiscais. Na ocasião, a polícia apreendeu 17 carros de alto luxo e 36 motos. Na Operação Poseidon, a Justiça sequestrou 59 veículos destinados à Barreto Import, de Alphaville, em Barueri (SP), que se utilizava de firmas laranjas do Espírito Santo para a entrada dos veículos subfaturados pelo Porto de Vitória (ES).

A estrela do leilão deverá ser o Bentley Continental GT, que ficou famoso ao ser adotado por James Bond, o 007. No leilão o lance mínimo para este carro, o modelo 2007/2008, preto, a gasolina, 2 portas, com 600HP, é de R$ 400 mil. As 739 motos de 100 e 250 cilindradas estão divididas em 21 lotes. A maior parte tem lance mínimo de R$ 40 mil. Em média, o preço mínimo por moto fica em torno de R$ 1,2 mil.  

veja também