MENU

Record infla preços de cotas de patrocínio de "A Fazenda"

Record infla preços de cotas de patrocínio de "A Fazenda"

Atualizado: Terça-feira, 17 Agosto de 2010 as 2:01

Chegaram inflacionadas às agências de publicidade as cotas de patrocínio da terceira edição de "A Fazenda". O reality pede cerca de R$ 41 milhões por cota nacional, mas acaba vendendo por menos de R$ 10 milhões cada uma (são cinco ao todo).

Inflar os preços é uma forma de tentar valorizar a imagem da emissora no mercado publicitário.

A segunda edição de "A Fazenda" marcou nove pontos de média no Ibope (cada ponto equivale a cerca de 60 mil residências da Grande São Paulo). Uma cota de patrocínio do último "Big Brother Brasil", que fez média de 31 pontos, saiu por R$ 13,5 milhões.

veja também