MENU

Registros de estupros crescem 9,4% no Estado de São Paulo

Registros de estupros crescem 9,4% no Estado de São Paulo

Atualizado: Terça-feira, 26 Julho de 2011 as 1:06

Os estupros, que desde 2009 passaram a compreender também os casos de atentado violento ao pudor, tiveram um aumento de 9,4% no Estado de São Paulo. Foram 5.249 casos no primeiro semestre de 2011. Na capital, houve queda de 4,6%, em relação aos seis primeiros meses de 2010.

Para o comandante geral da PM, Álvaro Batista Camilo, o crescimento dos números não significa somente aumento da violência contra a mulher. Pode revelar também um crescimento nos registros desse tipo de caso por causa da Lei Maria da Penha e da maior conscientização das vítimas.

- O estupro é o crime mais sub-notificado em todos os países do mundo. Nesse sentido, o aumento de registros pode ser considerado positivo.

Tráfico de drogas

Já os flagrantes por tráfico de drogas totalizaram 18.027 casos de janeiro a junho de 2011, 22% a mais do que no primeiro semestre do ano passado. Por hora, a Polícia Militar realizou quatro flagrantes de tráfico de drogas em São Paulo.

As prisões de uma maneira geral também alcançaram números recordes. Considerando as prisões e os flagrantes de atos infracionais (envolvendo menores de idade), 360 pessoas foram detidas por dia. Como resultado, cresceu a população carcerária, que passou de 170.829, em dezembro de 2010, para 177.520 em junho deste ano.        

veja também