MENU

Renan Calheiros é multado por propaganda eleitoral antecipada

Renan Calheiros é multado por propaganda eleitoral antecipada

Atualizado: Quinta-feira, 13 Maio de 2010 as 4:14

O senador Renan Calheiros (PMDB-AL) foi multado em R$ 5.000 por propaganda eleitoral antecipada. Segundo decisão do juiz Raimundo Alvez Júnior, da Justiça Eleitoral de Alagoas, a filial da rádio CBN em Maceió também deve pagar multa no mesmo valor.

A assessoria do senador afirma que ele já recorreu da decisão. A Procuradoria Regional Eleitoral do Estado também recorreu pedindo o aumento das multas.

A Justiça considerou propaganda eleitoral nove inserções de rádio colocadas no ar a pretexto de divulgar a atuação parlamentar de Renan. De acordo com representação da procuradoria, a rádio divulgou ''informações tendenciosas'' com o objetivo de apresentar o senador, pré-candidato à reeleição, como o mais apto para ocupar o cargo em disputa.

A procuradoria quer que a multa seja aplicada para cada inserção feita, aumentando o seu valor para R$ 45 mil. No dia 29 de abril, a justiça já havia concedido decisão liminar para suspender as propagandas.

Na liminar, o juiz destacou frases como ''o trabalho de Renan no Senado traz melhorias na vida dos alagoanos'' e, numa entrevista do próprio senador, ''relatamos o Bolsa Família e criamos a fórmula de recuperação do poder de compra do novo salário mínimo'' para caracterizar a propaganda antecipada. O material foi veiculado entre os dias 15 e 16.

Segundo a assessoria de Renan, as peças fazem parte do direito do senador de divulgar sua atuação parlamentar. Ele já recorreu da decisão. Procurada, a CBN de Maceió afirmou que não iria se pronunciar no momento.

veja também