Representante do mercado de seguros discute criação de estatal

Representante do mercado de seguros discute criação de estatal

Atualizado: Terça-feira, 20 Julho de 2010 as 10:01

O diretor da Confederação Nacional das Empresas de Seguros (CNSeg), Alexandre Malucelli, teve uma reunião hoje (19) com o secretário adjunto de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Dyogo Oliveira, para discutir a criação de uma empresa pública no setor de seguros.

Os representantes das seguradoras propuseram ao governo a unificação dos sete fundos garantidores existentes no país, sob a administração do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O governo propõe que esses fundos sejam administrados pela nova estatal, a Empresa Brasileira de Seguros (EBS).

Na semana passada, o governo anunciou que a EBS concorreria em todos os segmentos com as empresas privadas. Alegando um erro técnico no envio do projeto à Casa Civil, o Ministério da Fazenda recuou e informou que a empresa só atuará em quatro segmentos: habitação popular, obras de infraestrutura, financiamento às exportações e crédito a micro e pequenas empresas.

“A proposta ainda está em posição de negociação, mas a gente não abre mão e entende que o setor não precisa de uma estatal. Essa é a posição que a gente está defendendo”, afirmou o diretor da CNSeg.

veja também