MENU

'Rio' e 'Pânico 4' brigam pela liderança na bilheteria americana

'Rio' e 'Pânico 4' brigam pela liderança na bilheteria americana

Atualizado: Sexta-feira, 15 Abril de 2011 as 12:19

A animação "Rio", do cineasta brasileiro Carlos Saldanha, prepara-se para disputar a liderança da bilheteria dos cinemas nos Estados Unidos com o terror "Pânico 4", cujas arrecadações podem atingir US$ 40 milhões, segundo estimativas do site "Boxoffice.com".

A nova obra de Saldanha ("Era do gelo") narra as aventuras da ararinha-azul Blu no Rio de Janeiro, onde conhece Jewel, a última fêmea de sua espécie, com quem percorre os pontos turísticos da Cidade Maravilhosa.

Os protagonistas do filme contam com vozes dos atores Anne Hathaway, Jesse Eisenberg, Jamie Foxx e George López na versão original, em inglês.

Já o mestre do terror Wes Craven volta à carga com o quarto filme do terror teen "Pânico", saga que revitalizou sua carreira no final dos anos 90 e com a qual pretende agora "romper padrões" para evitar a morte do gênero, explicou o cineasta em entrevista à Agência Efe.

O filme, que conta novamente com Neve Campbell, David Arquette e Courteney Cox, tem "sangue novo" no elenco. Emma Roberts e Hayden Panettiere brilham no quarto número da saga, repleto de referências à fita original, enfrentando agora o perigo sobre a jovem prima de Sydney Prescott (Campbell).

Redford de volta à direção

A lista de estreias do fim de semana terá duas produções independentes: "The conspirator" e o belga "La princesse de Montpensier".

"The conspirator" é a volta de Robert Redford à cadeira de diretor. O cineasta aborda uma história sobre as investigações da trama que precedeu o assassinato do ex-presidente americano Abraham Lincoln, tendo no elenco Robin Wright, James McAvoy e Tom Wilkinson.

Já "La princesse de Montpensier", de Bertrand Tavernier, é um drama histórico envolvido na França do século 16, em meio ao contexto de confrontos entre católicos e protestantes.

Baseado em um romance de Madame de Lafayette, a obra conta com atuação de Mélanie Thierry, Lambert Wilson e Grégoire Leprince-Ringuet.

veja também