MENU

Rio tem madrugada calma após ocupação do Alemão

Rio tem madrugada calma após ocupação do Alemão

Atualizado: Segunda-feira, 29 Novembro de 2010 as 8:44

Na primeira madrugada após a ocupação do complexo do Alemão, conjunto de favelas na zona norte do Rio de Janeiro, a cidade viveu momentos de tranquilidade, sem nenhum registro de ataques de bandidos, arrastões ou queima de veículos.

Chamado de “coração do mal” pelo secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, o complexo do Alemão começou a ser invadido na manhã deste domingo (28), quando tropas da polícia, com o apoio das Forças Armadas, carros blindados e helicópteros, fizeram uma incursão no local.

Durante a operação, segundo a assessoria da Secretaria de Segurança Pública, foram apreendidas 40 toneladas de maconha e ao menos 50 fuzis - um deles de fabricação austríaca, com grande poder de fogo.

Nesta segunda-feira (29) os policiais continuarão as buscas por traficantes que ainda podem estar escondidos dentro das favelas ocupadas pelas forças de segurança.

A operação no Complexo do Alemão faz parte da reação da polícia à onda de violência que tomou conta do Rio de Janeiro na última semana, quando dezenas de carros foram incendiadas em vários pontos do Rio de Janeiro e houve ataques a policiais.

A ação dos criminosos foi vista pelo governo estadual como uma resposta às UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) instaladas nos dois últimos anos em comunidades antes dominadas pelo tráfico.

Para conter os ataques, a polícia, com apoio das Forças Armadas, realizou uma grande ofensiva na última quinta-feira (25) na Vila Cruzeiro, forçando a fuga de centenas de traficantes para o vizinho Complexo do Alemão, onde foram cercados nos dois dias seguintes.    

veja também