MENU

RJ: cinco empresas são multadas por tentar evitar uso do bilhete único

RJ: cinco empresas são multadas por tentar evitar uso do bilhete único

Atualizado: Quinta-feira, 4 Fevereiro de 2010 as 12

Durante uma fiscalização do Departamento de Transportes Rodoviários (Detro) nesta quarta-feira, dia 3, cinco empresas de ônibus intermunicipais foram multadas por tentarem driblar o uso do bilhete único. Segundo a Secretaria estadual de Transportes, as companhias mudaram a grade de horário e trocaram os ônibus convencionais por modelos “frescão”, que não estão incluídos no programa do bilhete único e não transportam as gratuidades previstas em lei: estudantes, idosos e deficientes físicos.

As blitzes ocorreram nos terminais rodoviários do Rio, de Niterói e de São Gonçalo, na Região Metropolitana, e em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Ao todo, os fiscais aplicaram dez multas por descumprimento de horário e outras quatro por irregularidades, como desembarque de passageiros em fila dupla, ônibus sem trocadores e veículos sem autorização do Detro.

Reclamações na ouvidoria do Detro

O secretário estadual de Transportes Júlio Lopes afirmou que as empresas que não cumprirem com o padrão de circulação dos ônibus convencionais serão punidas.

“Elas terão que manter o padrão de circulação com ônibus convencionais (coletivo), conforme previsto em contrato de permissão. A população pode nos ajudar, denunciando as empresas que não tiverem cumprindo com a grade de horário”, disse o secretário.

As reclamações podem ser feitas à ouvidoria do Detro, por meio do telefone (21) 2332-9535 ou por meio da Secretaria de Transportes, nos números (21) 2333-8664 e (21) 2333-8665.

Como funciona  

O bilhete único só será aceito em viagens intermunicipais, dentro da Região Metropolitana do Rio, num total de 20 municípios. Ônibus, vans legalizadas, trens, barcas e metrô poderão optar pelo novo bilhete, que terá o tempo máximo de duração de duas horas.

Cada passageiro poderá ter apenas um cartão do bilhete único associado ao CPF. O cartão é parecido com o Riocard, e pode ser recarregado em mais de 800 pontos, como casas lotéricas e lojas comerciais.

Passagem de R$ 4,40

O valor da passagem, independentemente dos meios de transportes utilizados no trajeto da viagem, é de R$ 4,40. Por dia, cada pessoa terá direito a usar o bilhete único apenas duas vezes, num total de quatro viagens.

O bilhete abrange 20 municípios da Região Metropolitana do Rio: Belford Roxo, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Mangaratiba, Maricá, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Paracambi, Queimados, Rio de Janeiro, São Gonçalo, São João de Meriti, Seropédica e Tanguá.

veja também