MENU

Rodovia dos Bandeirantes tem tráfego lento na saída de SP

Rodovia dos Bandeirantes tem tráfego lento na saída de SP

Atualizado: Sexta-feira, 2 Abril de 2010 as 12

O excesso de veículos causava 9 km de lentidão na Rodovia dos Bandeirantes às 11h desta Sexta-Feira Santa (2). As filas se concentravam em dois pontos diferentes: na altura de Jundiaí (do km 49 ao 54) e em São Paulo (entre os km 25 e 29).

Outra estrada que registrava congestionamentos era a Fernão Dias. O motorista que trafegava por lá encontrava 4 km de filas na altura do km 79. No local, a pista segue totalmente interditada por conta de um deslizamento de terra ocorrido em fevereiro. A pista permanece bloqueada durante todo o feriado.

A recomendação da concessionária Autopista é evitar a Fernão Dias neste trecho. Uma opção é seguir pela Rodovia Presidente Dutra até a D. Pedro I. O sentido São Paulo funciona normalmente. Os horários de pico nesta sexta acontecem das 6h às 19h.

Para a volta no domingo, a previsão de maior movimento é das 15h às 23h. Então é preferível retornar na parte da manhã.

Na capital paulista, o trânsito fluía bem, sem nenhum registro de lentidão às 11h, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). A previsão é que 2,1 milhões de carros trafeguem nas estradas paulistas neste fim de semana.

Régis Bittencourt

A Rodovia Régis Bittencourt, que liga São Paulo a Curitiba, que chegou a registrar 9 km de filas no início da manhã, tinha, às 11h, 1 km de lentidão (no trecho entre os km 337 e 336), na altura de Miracatu, no sentido Curitiba. A previsão de maior movimento é das 6h às 14h desta sexta.Já no domingo, data prevista para o retorno de grande parte dos moradores à capital paulista, o horário de pico é das 16h às 22h.

Além dos recursos operacionais extras, a Régis Bittencourt terá um plano operacional especial para a Serra do Cafezal, trecho compreendido entre o km 337 e o km 367, região da cidade de Miracatu, a 138 km de São Paulo.

O trecho da Serra do Cafezal, de pista simples, terá o acostamento liberado em pontos predeterminados e uma faixa reversiva montada no contrafluxo. Essas mudanças pretendem aumentar a capacidade de veículos por hora e evitar o congestionamento no trecho de pistas duplas.

Quem trafegar pela Régis precisa ficar atento aos desvios no km 508, sentido Curitiba, altura do município de Cajati, a 230 km de São Paulo, e no km 311, também no sentido Curitiba, região de Juquitiba, a 72 km de São Paulo, onde o tráfego está sendo operado em pista única.

A previsão da Autopista Régis Bittencourt, concessionária que administra o trecho, é que o tráfego na rodovia seja 15% maior do que o normal. A operação de Páscoa teve início às 12h da quinta-feira e termina à 0h do domingo. Neste mesmo dia 4, o tráfego de caminhões está proibido na Castello Branco, sentido capital, entre as 14h e as 23h.

Anchieta e Imigrantes

A Ecovias, responsável pelas rodovias Anchieta e Imigrantes, implementou a Operação Descida (7x3) às 7h desta sexta, com prazo de término para as 14h. O objetivo é diminuir as chances de congestionamento, mas mesmo assim é prudente evitar os horários de pico. A recomendação é viajar na noite desta sexta.

Durante todo o sábado, o sistema Anchieta-Imigrantes funciona no esquema normal (5x5). Já no domingo, o movimento de retorno deve começar a partir das 9h, quando será implementada a Operação Subida (2x8), que se estende até as 2h da segunda-feira.

A previsão de veículos que devem descer em direção à Baixada Santista fica entre 180 mil e 318 mil. A contagem teve início à 0h da quinta e vai até a 0h de domingo.

Ayrton Senna e Carvalho Pinto

Pelas rodovias Ayrton Senna e Carvalho Pinto, que levam às praias do Litoral Norte, ao Vale do Paraíba e à região serrana de Campos do Jordão, devem passar entre 730 e 800 mil veículos durante este feriado de Páscoa.

É preciso tomar cuidado com pequenas obras nas estradas. Tanto a Carvalho Pinto como a Ayrton Senna possuem pequenas interdições alternadas em vários pontos das rodovias.

Anhanguera e Bandeirantes

Quem for pelas rodovias Anhanguera e Bandeirantes em direção ao interior de São Paulo deve evitar viajar entre as 9h e as 13h desta sexta.No retorno à capital, a maior concentração de veículos está prevista para o horário entre 15h e 23h de domingo.

Além do monitoramento 24 horas de todo o sistema viário e da disposição de mais viaturas de apoio, a AutoBAn, concessionária responsável pelas duas rodovias, fará uma operação especial de desafogamento do trânsito da Bandeirantes.

A Operação Caminhão funcionará das 14h às 22h do domingo de Páscoa. Os caminhões com destino à capital paulista não poderão trafegar pela Rodovia dos Bandeirantes entre os km 47 e 23 e, para entrar em São Paulo, precisarão usar a Rodovia Anhanguera. O acesso à via é feito pela saída 48 da Bandeirantes.

Todas as obras em atividade ficarão paradas durante o feriado. A AutoBAn estima que 630 mil veículos circulem pelas rodovias Anhanguera e Bandeirantes desta quinta-feira a domingo.

Castello Branco e Raposo Tavares

No Sistema Castello-Raposo, que liga São Paulo ao interior do estado, todas as obras em execução que possam causar interferência no tráfego, como desvios ou interdições, foram suspensas até as 12h de segunda.

Nesta sexta, havia 3 km de filas na pista sentido interior da Castello Branco, entre os km 22 e 25, na altura de Osasco. O horário de pico se estende das 7h às 14h, portanto é recomendado viajar após a hora do almoço na Sexta-Feira Santa.

No domingo, a previsão de maior movimento gira em torno das 15h às 23h, sentido capital paulista.

De acordo com a ViaOeste, responsável tanto pela Raposo Tavares como pela Castello Branco, a previsão é que circulem 490 mil carros pelas duas rodovias durante o feriado da Páscoa. Em comparação, circularam 420 mil veículos pelo sistema nos quatro dias de feriado de 2009.

Rodoviárias

Estima-se que cerca de 550 mil pessoas embarquem e desembarquem nos três terminais da capital até segunda-feira (5). Já foram reservados ônibus extras para os locais mais procurados e os terminais ganharam reforço de 15% no quadro de funcionários das áreas de limpeza, segurança e operação.

A Socicam, que administra os terminais, recomenda aos passageiros que adquiriram a passagem antecipada, cheguem ao terminal uma hora antes do embarque, identifiquem as bagagens, não descuidem das crianças e tragam documentos de todos os passageiros. Os destinos mais procurados neste feriado são: Rio de Janeiro, Curitiba, interior de São Paulo e sul de Minas Gerais. 

fonte: globo.com.br   via: www.guiame.com.br

veja também