MENU

Romário é multado por se recusar a fazer teste do bafômetro no Rio

Romário é multado por se recusar a fazer teste do bafômetro no Rio

Atualizado: Terça-feira, 9 Março de 2010 as 12

O ex-jogador de futebol Romário foi multado na madrugada de segunda-feira, dia 8, após se recusar a fazer o teste do bafômetro em uma blitz realizada na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

Segundo informações da Secretaria de Estado do Governo do Rio, Romário foi parado quando trafegava na avenida Armando Lombardi, mas se recusou a realizar o teste. Por conta disso, foi multado em R$ 957,70, além de receber sete pontos na carteira de habilitação.

Ainda de acordo com o órgão, o carro do ex-jogador não precisou ser recolhido, uma vez que ele chamou outra pessoa para levar o veículo. A secretaria ainda acrescentou que essa pessoa chamada por Romário passou pelo teste do bafômetro. O nome da pessoa não foi informado.

A reportagem tentou entrar em contato com o advogado do jogador, mas ele não havia retornado até as 11h30 desta terça, dia 9.

Outros casos

Nos últimos meses Romário tem se envolvidos em diversas polêmicas. Em um desses casos, o ex-jogador foi condenado a pagar multa no valor de 815 salários mínimos (cerca de R$ 391 mil) por sonegar Imposto de Renda, além de cumprir dois anos e meio de prestação de serviços à comunidade em uma entidade pública.

Em agosto de 2009, a cobertura do ex-jogador foi vendida por R$ 8,01 milhões em um leilão que durou cerca de 15 minutos. A cobertura, no condomínio Golden Green, na Barra da Tijuca, foi leiloada para pagamento de dívidas.

Já em julho do mesmo ano, ele foi preso por não pagar R$ 89.641,44 de pensão alimentícia aos dois filhos com Mônica Santoro, com quem o atleta foi casado. Romário ficou preso por um dia. Na delegacia, ele dormiu no chão de uma sala onde estavam outros quatro homens presos pelo mesmo motivo e jantou um lanche.

veja também