MENU

Ruas do Rio continuam fechadas após incêndio

Ruas do Rio continuam fechadas após incêndio

Atualizado: Terça-feira, 27 Abril de 2010 as 12

As ruas próximas do camelódromo que funcionava ao lado do Terminal Américo Fontenelle, atrás da Central do Brasil, no Centro do Rio, continuam interditadas na manhã desta terça-feira, dia 27. Oitenta bombeiros do quartel Central passaram a madrugada e continuam nesta terça-feira, dia 27, fazendo o trabalho de rescaldo do incêndio no camelódromo da Central. O fogo que começou na tarde de segunda-feira (26) destruiu rapidamente cerca de 600 boxes de comerciantes.

A Praça da República, na esquina com a Avenida Presidente Vargas, está interditada. A Rua Visconde da Gávea está fechada em dois pontos: no cruzamento com a Rua Marechal Floriano e na esquina com a Rua Barão de São Félix. A Rua Camerino também está interditada, no cruzamento com a Barão de São Félix. E a Rua Bento Riberio está fechada em toda a sua extensão. As ruas Senador Pompeu e Marcílio dias também estão interditadas. A entrada da Praça Cristiano Otono está fechada.

A operação é normal no Terminal Américo Fontenelle e na Central do Brasil.

Segundo os bombeiros, apesar do incêndio, ninguém ficou ferido. O trabalho foi intenso durante toda a madrugada. A todo instante surgiam novos pequenos focos de incêndio, que logo eram controlados. Segundo os bombeiros, ainda há riscos de o fogo voltar a se alastrar devido a grande quantidade de material inflamável, encontrada no local.

O policiamento foi reforçado na região para evitar saques ou qualquer outro tipo de vandalismo.

O representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RJ), Carlos Nicodemos, disse que marcará um encontro na sede da OAB com uma comissão formada por comerciantes que perderam as barracas. Eles vão decidir para onde eles irão trabalhar até a recuperação do camelódromo.

veja também