MENU

Sabesp aumenta vazão da represa Jaguari pela terceira vez

Sabesp aumenta vazão da represa Jaguari pela terceira vez

Atualizado: Terça-feira, 18 Janeiro de 2011 as 8:38

A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) aumentou, desde às 7h desta terça-feira (18), a vazão da represa Jaguari, que alcançou o nível de segurança. A Defesa Civil e as prefeituras das cidades cortadas por rios que receberão o excesso de água - Jaguariúna, Pedreira, Amparo e Bragança Paulista - foram avisadas com 12 horas de antecedência, segundo a empresa.

Esta é terceira vez que as comportas do reservatório são abertas. A primeira foi na quarta-feira (12) e a segunda, no sábado (15). Agora, a vazão passou de  60 m³/s para 80m³/s. A Sabesp ressaltou que essa manobra é necessária para permitir que a represa Jaguari continue tendo capacidade de reter a ocorrência de chuvas intensas. A companhia informou que o reservatório retém cerca de  960m³/s de água.

A Prefeitura de Jaguariúna informou que o excesso de água só deve chegar à cidade na madrugada de quarta-feira (19). Nesta terça, o ribeirão Jaguari estava um pouco acima do nível normal, mas dentro da calha. Para transbordar novamente ele terá de subir cerca de 3 m, o que não deve ocorrer se não houver chuva forte na região. Nas outras três cidades, a defesa civil continua alertando as pessoas que vivem em área com possibilidade de alagamentos para que deixem suas casas.

Franco da Rocha No caso da represa Paiva Castro, próximo ao município de Franco da Rocha, na Grande São Paulo, a Sabesp informou que vazão foi reduzida de 5m³/s para 2m³/s, pois já atingiu o seu nível operacional normal, de 47% de sua capacidade. Há uma semana, também por causa do volume de chuva, a Sabesp abriu as comportas deste reservatório. A ação fez com que o rio Juquiri transbordasse e alagasse as ruas da cidade. Para circular na área, os bombeiros tiveram de utilizar botes.        

veja também