Saiba mais sobre a operação no Alemão

Saiba mais sobre a operação no Alemão

Atualizado: Domingo, 28 Novembro de 2010 as 11:15

Mapa da ocupação do Cojunto de Favelas do Alemão neste domingo (28). (Foto: Editoria de Arte / G1)   Às 8h da manhã deste domingo (28), forças policiais e das Forças Armadas reunidas em torno do Conjunto de Favelas do Alemão começaram a operação de ocupação do complexo. Antes das 7h, o tiroteio já havia começado. Por volta das 8h30, foi anunciada a conquista da área conhecida como Areal, ponto central e estratégico. O comandante-geral da Polícia Militar, Mário Sérgio Duarte, anunciou às 9h20: “Vencemos”. Trinta minutos depois, a polícia chegou à parte mais alta do conjunto.

A seguir, saiba os horários dos principais fatos da megaoperação da polícia e das Forças Armadas para ocupar o Conjunto de Favelas do Alemão neste domingo (28):

6h51 - Começa o tiroteio no Conjunto de Favelas do Alemão. Um blindado da Marinha, um caveirão, que é o blindado da polícia, além de veículos da Polícia Federal e da Polícia MIlitar reforçam o cerco no local.

7h22 - Policiais se preparam para entrar na comunidade. Antes de partir para a operação, eles se cumprimentam desejando boa sorte. "A gente está na expectativa. Estamos nos momentos finais, a qualquer momento vamos entrar", disse o subchefe operacional da Polícia Civil, Rodrigo Oliveira.

8h - Policiais militares, federais, civis e agentes das Forças Armadas começaram a ocupar o Conjunto de Favelas do Alemão. A entrada das equipes, com blindados, apoio de helicópteros e atiradores de elite, foi marcada por uma grande troca de tiros.

Blindado da Marinha desce rua do Alemão.

(Foto: Thamine Leta / G1)   8h12 - Um carro do Corpo de Bombeiros transportando macas e suprimentos deixou o Hospital Getúlio Vargas, na Penha, na Zona Norte, em direção ao Alemão. Mais cedo, o secretário estadual de Saúde do Rio, Sérgio Cortes, passou pelo Getúlio Vargas, onde fez uma visita de rotina.

8h22 - Dois homens são detidos e saem da favela escoltados por homens do Exército.

8h25 - O chefe da Polícia Civil, Alan Turnowski confirma a chegada dos agentes à localidade conhecida como Areal, na parte central da favela.

8h35 - Pelo menos seis blindados da Marinha e quatro picapes da Polícia Federal chegam ao local para reforçar a operação.

8h39 - O comandante do Batalhão de Operações Especiais (Bope), da Polícia Militar, tenente-coronel Paulo Henrique Moraes, disse que vai usar a força máxima na invasão ao Complexo do Alemão. “Não vai haver revezamento. Já lançamos as primeiras equipes para a favela, e vamos lançar outras. A missão do Bope é tomar os pontos altos do complexo, como a Pedra do Sapo, o Morro da Fazendinha entre outros”, disse.

Apreensão feita na casa do Polegar no Alemão.

(Foto: Thamine Leta/G1)   8h40 - A polícia se prepara para avançar em outros pontos da favela, depois que foi conquistada a área do Areal.

8h44 - Agentes da Polícia Civil chegam à Estrada do Itararé com maconha, cocaína, granadas, um facão e material para embalar entorpecentes apreendidos no Areal.

8h52 - Ambulância do Exército entra no Alemão.

8h54 - Chegam ao entorno da favela dois carros do esquadrão antibombas.

Caveirão Bope camuflada - Alemão.

(Foto: Thamine Leta / G1)   8h56 - "O estado está dentro do Conjunto de Favelas do Alemão. O território jamais será dado de volta aos crimonosos. Já dominamos o Alemão", diz o subchefe operacional da Polícia Civil, Rodrigo Oliveira.

9h01 - Na Estrada do Itararé, policiais começam a camuflar um carro blindado da polícia, conhecido como caveirão.

9h06 - Megaoperação ganha reforço de policiais militares do 7º BPM (São Gonçalo).

9h10 - Um dos blindados teve que retornar à Rua Joaquim de Queiroz, na entrada de favela, por causa de um grande buraco cavado por criminosos no local.

  9h15 - Mais agentes da polícia deixam o 16º BPM (Olaria), que está funcionando como Quartel General da operaçao, para reforçar a ocupação do Alemão.

9h16 - Helicópteros com atiradores de elite e equipamentos para monitorar a favela sobrevoam o Conjunto de Favelas do Alemão.

9h18 - Imagens mostram policiais começando a se aproximar de casas de moradores da comunidade.

9h20 - "Vencemos", diz comandante-geral da Polícia Militar, Mário Sérgio Duarte.

Homens presos no Alemão. (Foto: Reprodução)   9h24 - Policiais apreendem uma grande quantidade de drogas e descem à Estrada do Itararé com sacolas e bolsas. O transporte do material está sendo feito em motocicletas.

9h28 - Policiais do Batalhão Florestal deixam o 16º BPM (Olaria) para o Alemão. A expectativa é que eles se instalem em locais de mata no entorno da comunidade para evitar fugas de criminosos.

9h34 - Policiais do Batalhão Florestal chegam ao Alemão.

Policial do Bope pinta o rosto para operação.

(Foto: Reprodução/TV Globo)   9h39 - Após a tomada, dois blindados da Marinha começam a descer o Alemão. Ao mesmo tempo, agentes da Polícia Civil, da Delegacia de Roubos e Furtos chegam ao local.

9h43 - O Comandante da PM, Mário Sérgio Duarte, ordena que os batalhões se dividam em perímetros dentro do Alemão e revistem, vasculhando, casa por casa, beco por beco. Se necessário, policiais podem requisitar o auxílio dao Companhia de Cães.

  9h55 - O subchefe operacional da Polícia Civil, Rodrigo Oliveira, afirma que já foram apreendidas mais de 2 toneladas de maconha. "A gente não tem hora para sair".

10h - Polícia detém quatro suspeitos na favela do Grota, no Conjunto de Favelas do Alemão.

10h15 - Policiais chegam Estrada do Itararé, no Alemão, com uma nova leva de armas e drogas apreendidas no interior da comunidade. Entre elas está uma submetralhadora e uma mira à laser. O material está sendo levado para a Polinter.

10h20 - A polícia prendeu um suspeito no final da Rua Joaquim de Queiroz, uma das entradas do Conjunto de Favelas do Alemão.    

veja também