MENU

São Paulo bate recorde no número de doação de órgãos

São Paulo bate recorde no número de doação de órgãos

Atualizado: Quinta-feira, 11 Novembro de 2010 as 11:42

O Estado de São Paulo superou o número de doações de órgãos no ano passado e estabeleceu novo recorde em 2010, segundo dados da Central de Transplantes, ligada à Secretaria estadual de Saúde. Foram 760 doações entre janeiro e 10 de novembro, contra 705 em todo o ano de 2009. Na comparação até 10 de novembro daquele ano, a alta observada em 2010 é de 25%.

Hospitais paulistas realizaram 2.018 transplantes desde o início do ano até a segunda semana de novembro, sendo 1.238 de rim, 569 de fígado, 89 de pâncreas, 69 de coração e 53 de pulmão.

Em 2009, houve 1.708 operações do tipo no estado, 993 de rim, 499 de fígado, 108 de pâncreas, 82 de coração e 26 de pulmão.

O secretário estadual de Saúde, Nilson Ferraz Paschoa, afirma que o dado é animador, pois mostra a solidariedade dos paulistas. "De outro [lado], o sucesso do trabalho realizado nos hospitais para identificar e rapidamente notificar potenciais doadores", afirma Nilson.

Existem coordenadores intra-hospitalares para doação e transplante em 22 hospitais da rede estadual paulista, mantidos pela Secretaria. Os profissionais identificam potenciais doadores e acompanham os exames que viabilizam a extração dos órgãos.

Para o interessado em doar órgãos, é importante deixar essa intenção clara aos familiares, que são os responsáveis por autorizar a retirada do material para transplantes.    

veja também