MENU

São Paulo investiga enriquecimento de fiscais da prefeitura

São Paulo investiga enriquecimento de fiscais da prefeitura

Atualizado: Terça-feira, 5 Novembro de 2013 as 6

prefeitura
O Ministério Público investiga mais 42 auditores fiscais da Prefeitura de São Paulo pela suspeita de que eles enriqueceram de forma ilícita.
 
Contra três deles há ainda indícios de corrupção ativa e passiva, além de improbidade administrativa.
 
Todos os inquéritos foram abertos a partir de suspeitas encaminhadas à Promotoria pela Controladoria Geral do Município, órgão da prefeitura criado neste ano.
 
O órgão cruzou informações sobre os bens adquiridos pelos servidores e os seus rendimentos e descobriu que eles eram incompatíveis.
 
Agora, o Ministério Público investiga se o enriquecimento se deu por meio de crimes como os apurados na operação que descobriu um esquema de extorsão a empresas por fiscais do ISS.
 
Esse esquema, que levou quatro auditores à cadeia, pode ter resultado no desfalque de R$ 500 milhões em impostos não recolhidos em troca do pagamento de propina.
 

veja também