MENU

Sargento da PM reage a assalto e suspeito é baleado na Serra, ES

Sargento da PM reage a assalto e suspeito é baleado na Serra, ES

Atualizado: Terça-feira, 1 Novembro de 2011 as 8:47

Uma família ficou refém de cinco criminosos por mais de uma hora dentro da própria casa, nesta segunda-feira (31), no bairro porto Canoa, município da Serra, na Grande Vitória. Um deles tinha apenas 13 anos. Após o assalto, os suspeitos tentaram roubar um carro na residência vizinha, pertencente a um sargento da Polícia Militar. Eles foram surpreendidos pelo morador, que reagiu e baleou um dos assaltantes na cabeça.

Na primeira casa, os criminosos roubaram equipamentos eletroeletrônicos, como televisão, computador e som, mas não conseguiram ligar o carro da família no momento da fuga. Segundo o dono da residência, ele havia retirado o chip da chave do veículo, impossibilitando que fosse ligado.

Após a falha na fuga, os suspeitos decidiram ir para a casa vizinha, a fim de levar o carro dos donos. Entretanto, a residência pertencia à um sargento da Polícia Militar, que surpreendeu os rapazes. O policial atirou na cabeça de um dos assaltantes, e outros dois foram presos. Dois acabaram fugindo. De acordo com a PM, o menor apreendido com o outro suspeito explicou que a família tem um histórico criminoso: a mãe fugiu para São Paulo após esfaquear o pai, e o irmão, de 16 anos, foi apreendido por roubar uma moto. O garoto ainda tem a figura de um palhaço tatuada na perna, que na linguagem do crime significa 'matador de polícia'.

Os dois rapazes estão presos no Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) da Serra. O assaltante baleado foi encaminhado para o Hospital Dório Silva, no município.

Menor apreendido tem tatuagem com o significado 'matador de polícia'. (Foto: Reprodução/TV Gazeta)          

veja também