MENU

Sargento dos bombeiros é suspeito de atirar na própria mulher, no DF

Sargento dos bombeiros é suspeito de atirar na própria mulher, no DF

Atualizado: Sexta-feira, 28 Outubro de 2011 as 9:15

Um sargento do Corpo de Bombeiros é suspeito de tentar matar a mulher a tiros em Sobradinho, a 22 quilômetros de Brasília. A tentativa de homicídio ocorreu numa casa do condomínio Buritis. O sargento do Corpo de Bombeiros teria disparado pelo menos quatro vezes contra a mulher.

Um dos disparos acertou a vítima na região do abdômen. A mulher do sargento chegou a ser levada ao Hospital de Base para avaliação médica, mas já foi transferida para o Hospital de Sobradinho e não corre risco de morte.

Uma jovem diz que presenciou tudo. “Eu vi quando ele efetuou os quatro disparos na moça. Aí eu entrei na casa pra ajudá-la. Vi que ela estava sangrando e ele correndo para esconder a arma”, diz a testemunha que preferiu não ser identificada.

Para a polícia, o sargento disse que os disparos foram acidentais. A arma usada no crime, uma pistola calibre 380, foi apreendida. Durante o depoimento na delegacia, o militar alegou mal-estar e foi levado ao hospital. Ele não quis falar com a imprensa.

Na vizinhança, o militar é conhecido pela agressividade com a esposa. “Eu já tinha conversado com ela, ela tinha me falado que ele era muito agressivo, tinha ameaçado matá-la. Eu até falei para ela procurar a delegacia da mulher enquanto é tempo, que ela não precisava viver com ele na base da ameaça”, conta uma vizinha que não quis ser identificada.

Além da pistola que teria sido usada no crime, a polícia encontrou uma espingarda de pressão escondida na casa do bombeiro. O militar vai ficar preso na carceragem da corporação até o julgamento. Ele vai responder por tentativa de homicídio.    

veja também