Sarney pede que STF não tome nenhuma medida contra servidora

Sarney pede que STF não tome nenhuma medida contra servidora

Atualizado: Terça-feira, 15 Fevereiro de 2011 as 3:52

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), pediu nesta terça-feira ao presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Cezar Peluso, que não tome nenhuma medida contra a servidora da Corte que postou no Twitter uma piada com seu nome, perguntando quando ele deveria pendurar as chuteiras.

O Supremo ainda avalia a punição que pode ser adotada contra a funcionária terceirizada responsável pelo post.

Sarney também decidiu reagir com bom humor diante do post e gravou um vídeo dizendo que não se incomoda em ser confundido com o jogador Ronaldo.

A declaração de Sarney deve ser divulgada nas próximas horas. No início da tarde, o presidente do STF telefonou para Sarney para esclarecer o constrangimento.

Em nota, o STF afirmou que o Twitter da instituição foi utilizado "indevidamente por funcionária terceirizada, para tecer comentários impróprios a respeito de eminente autoridade, a qual o STF e a SCO pedem encarecidas desculpas".

A publicação já foi apagada e dizia: "Ouvi por aí: 'agora que o Ronaldo se aposentou, quando será que o Sarney vai resolver pendurar as chuteiras?'"

No início do mês, Sarney foi eleito para comandar o Senado pela quarta vez.

Por Márcio Falcão / Gabriela Guerreiro

veja também