MENU

SBT contrata novo diretor e cria situação constrangedora no setor de novelas

SBT contrata novo diretor que afetará o setor de novelas

Atualizado: Quinta-feira, 16 Setembro de 2010 as 1:06

É no mínimo complicado o cenário que está se formando para o diretor Del Rangel na Teledramaturgia do SBT, após a novela “Uma Rosa com Amor”, adaptada por Tiago Santiago e já exibida. Atendendo ordens do comando da emissora, ele, Del, não pôde chamar atores mais conhecidos para “Corações Feridos”, a estreia de novembro. Foi obrigado a trabalhar com um orçamento bem mais modesto. Além dessa limitação em relação ao elenco, o roteiro mexicano, segundo se informa, também não anima. Falam que só tem uma história. E meio fraquinha. Como se não bastasse, Del Rangel, atual responsável pelo núcleo, assiste à chegada de um outro profissional –o experiente Reynaldo Boury, que assinou contrato por 3 anos “para dirigir as próximas novelas do Tiago”– como a emissora informa oficialmente. E aí já se levanta a seguinte questão: como administrar dois departamentos de novelas trabalhando paralelamente? Ou ainda, os critérios que agora valem para um também irão valer para o outro? Uma situação, no mínimo, constrangedora, mas comum no SBT. É o estímulo ao conflito de sempre, com precedentes conhecidos no jornalismo, humor, na concorrência entre programas e na própria direção da emissora. Foi tão pequeno Curiosa a situação do “Roda Viva” na Cultura. Às vezes, com determinados convidados, é um programa longo demais. Arrastado. Se tem a impressão que nunca termina. Em outras ocasiões, tão curto. Como na segunda-feira, por exemplo, com o Boni. Nunca o seu tempo passou tão depressa. Debate A partir da noite de hoje, às 21h50, Folha e Rede TV! dão início a uma série de debates com candidatos aos governos dos estados. Começa com São Paulo. Presenças de Aloizio Mercadante, Celso Russomanno, Fabio Feldmann, Geraldo Alckmin, Paulo Bufalo e Paulo Skaf. Mediação de Kennedy Alencar, com as participações das jornalistas Renata Lo Prete e Patrícia Zorzan. A propósito O debate desta noite será transmitido apenas para São Paulo. Em todas as demais emissoras da rede haverá a apresentação do programa “Superpop”, com Luciana Gimenez. E a mesma regra vai valer, amanhã, para o Rio de Janeiro, Minas Gerais no dia 22, Ceará (23) e Pernambuco (26) Convenção da Band Campos do Jordão, em São Paulo, de 2 a 5 de dezembro, irá receber os principais executivos da Rede Bandeirantes em uma nova convenção. Profissionais do esporte, do jornalismo e da área artística também serão convidados. Como manda a tradição, durante o encontro, o presidente Johnny Saad e o vice Marcelo Meira anunciarão as novidades para a programação de 2011, além dos investimentos previstos em tecnologia e estratégias. Nada ainda Na estaca zero a venda dos direitos do Pan-Americano de 2011 para a TV fechada. Não houve nenhum avanço nos últimos dias. As emissoras interessadas --entenda-se Globosat, Bandsports e Espn Brasil-- não conseguem contato com o presidente da Record, Alexandre Raposo. A última informação é que ele estava na Turquia. Daqui a pouco não dá mais tempo. Sem novidades Na Bandeirantes, também não houve nenhum progresso nas possíveis renovações de contratos de Adriane Galisteu e Daniela Cicarelli. Sabe-se que este é o desejo do vice Marcelo Meira, mas que ainda não encontra apoio em outros diretores da emissora. Há uma divisão. Pelo mundo A Globo definiu as datas de exibição do “Brazilian Day Canadá” na programação da Globo Internacional, show com apresentação do Serginho Groisman e participação de Ivete Sangalo no último dia 6. Ficou assim: no dia 18, Américas e Oceania, e dia 25, na Europa, Oriente Médio, África e Japão. Nova data O novo “Jornal da Cultura”, apresentado por Maria Cristina Poli, não vai mais estrear na próxima segunda-feira, dia 20, como estava previsto. A direção da emissora anunciou ontem uma nova data –dia 27. Em função do horário político, entrará no ar, inicialmente, às 21h20. A justificativa para a mudança no lançamento é que Cultura está seguindo “um rigoroso critério de qualidade.” Só vai colocar no ar quando tudo estiver devidamente afinado. Abrindo os trabalhos A partir de amanhã, o elenco de “Insensato Coração” --substituta de “Passione” na Globo– passa a se reunir no Projac, Rio, para a leitura de textos. Novela de Gilberto Braga e Ricardo Linhares, com direção-geral de Dennis Carvalho, “Insensato” terá suas primeiras cenas gravadas em Florianópolis. O embarque do elenco ainda não foi marcado. Som Brasil O “Som Brasil”, da Globo, já tem todo o seu esquema definido para este ano. No próximo dia 24, especial dedicado a Carlos Alberto Ferreira Braga, o Braguinha; em 22 de outubro, será a vez de Nelson Antônio da Silva – Nelson Cavaquinho; dia 26 de novembro, Marcos Valle; e dia 17 de dezembro, ninguém menos que Francisco Buarque de Holanda – Chico Buarque. Dalila Agora no Rio, a Record prossegue com as gravações da minissérie “Sansão e Dalila”. Mel Lisboa, como protagonista, faz o seu primeiro trabalho na Record. É uma das principais apostas para o começo do ano que vem, que também terá o lançamento da novela “Rebelde”. Mais um ano O SBT renovou até setembro do ano que vem os contratos de Arnaldo Saccomani, Cyz Zamorano, Thomas Roth e Carlos Miranda, jurados do “Qual é o Seu Talento?”. Forte indicativo que o programa deve continuar na grade em 2011. C'est fini A TV Jornal, afiliada do SBT em Pernambuco, fará no próximo domingo o debate com três dos quatro principais candidatos à Presidência. Dilma Rousseff, do PT, não confirmou presença. Serra, Marina e Plínio, sim. Apenas assuntos relacionados ao Nordeste serão levantados. O encontro será exibido por dez emissoras retransmissoras do SBT em oito Estados da região. Carlos Nascimento será o mediador. A nota triste de ontem foi o falecimento de Paulo Machado de Carvalho Filho, aos 86 anos. Filho do fundador da Record, Paulo Machado de Carvalho, o seu Paulinho foi presidente da emissora até o momento da sua venda para Edir Macedo. Estava internado no Hospital Sírio e Libanês. O velório acontece até a manhã desta quarta-feira no Cemitério do Morumbi, onde será sepultado às 9 horas. FLAVIO RICCO Colaboração José Carlos Nery

veja também