MENU

Secretaria de Saúde de São Paulo prepara campanha para vacinar 7 milhões de animais

Secretaria de Saúde de São Paulo prepara campanha para vacinar 7 milhões de animais

Atualizado: Quarta-feira, 28 Julho de 2010 as 4:26

A Secretaria de Saúde de São Paulo iniciou esta semana a distribuição a 645 municípios paulistas de 7,2 milhões de doses de vacinas contra a raiva animal, doença causada por um vírus mortal tanto para os homens quanto para outras espécies de mamíferos, como cães e gatos.

As prefeituras têm até o final de setembro para iniciar a campanha de vacinação, mas a estimativa da secretaria é de que, na maioria das localidades, a campanha aconteça já em agosto. Em 2009, cerca de 5 milhões de cães e 630 mil gatos foram imunizados em todo o estado.

Só para a capital paulista serão destinadas 1,5 milhão de doses do medicamento, cuja primeira aplicação deve ser feita a partir dos 3 meses de idade do animal, que deve receber um reforço entre 30 e 45 dias após a dose inicial. Além disso, a revacinação deve ser anual.

Ainda de acordo com a secretaria, há nove anos nenhum caso de raiva entre humanos foi registrado no estado. O último caso envolveu uma moradora da cidade de Dracena, que foi atacada por um gato que contraiu o vírus rábico de um morcego. Daí a ênfase das autoridades médicas em sensibilizar a população para a importância de que também os gatos sejam vacinados, e não apenas os cachorros.

De acordo com o Instituto Pasteur, alguém atacado por qualquer animal deve lavar imediatamente o ferimento com água e sabão e procurar com urgência o serviço de saúde mais próximo. Além disso,  se possível, o animal não deve ser morto, mas sim deixado em observação durante dez dias, para que se possa identificar qualquer sinal indicativo da raiva. E caso este animal adoeça, morra, desapareça ou mude de comportamento, a pessoa deve voltar a procurar o serviço médico.

veja também