MENU

Secretaria multa três ferros-velhos no RJ devido ao risco de dengue

Secretaria multa três ferros-velhos no RJ devido ao risco de dengue

Atualizado: Quarta-feira, 9 Novembro de 2011 as 4:41

O secretário Carlos Minc vistoria a carcaça de um

carro (Foto: Divulgação/SEA) A Secretaria estadual do Ambiente (SEA) do Rio notificou e multou nesta quarta-feira (9) três ferros-velhos de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, por funcionarem a céu aberto, o que facilita a reprodução do mosquito transmissor da dengue. Um deles foi autuado por operar sem licença, o que é crime ambiental, segundo a SEA. Os fiscais vistoriaram oito estabelecimentos.

Os ferros-velhos terão 30 dias para regularizar sua situação, ou serão interditados, informou o secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc. A multa, que pode variar de R$ 5 mil a R$ 1 milhão, será decidida pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea).

Segundo o secretário Minc, que participou da operação, para os ferros-velhos conseguirem as licenças ambientais eles têm que funcionar com cobertura para evitar que, por causa das chuvas, a água se acumule nas carcaças e nos pneus dos veículos.

“As águas se acumulam e cada pneu vira uma piscina de mosquito da dengue. Por essa e outras, São Gonçalo é uma das recordistas de dengue”, disse Minc.

Minc anunciou que este mês a secretaria vai deflagrar uma grande ação de prevenção à dengue nas Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs).

"Precisamos mobilizar a sociedade a fim de evitar uma epidemia no Rio no próximo verão”, disse o secretário.

Em abril passado, a SEA interditou quatro ferros-velhos de São Gonçalo pelo mesmo motivo.

Mais de 160 mil casos desde janeiro

No dia 19 de outubro, a Secretaria estadual de Saúde informou que desde o dia 2 de janeiro foram notificados 161.315  casos de dengue e foram registrados 133 óbitos no Rio de Janeiro até o dia 15 daquele mês. A tendência de queda continua se mantendo nos casos notificados por mês e por semana em todas as regiões do estado, segundo a secretaria.   Ainda de acordo com a secretaria, o ambiente doméstico concentra 80% dos focos.

Possibilidade de epidemia

No dia 13 de setembro, o secretário estadual de Saúde, Sérgio Côrtes, afirmou que há "forte possibilidade de haver uma grande epidemia" de dengue em 2012. Para ele, essa será "talvez uma das piores epidemias da história do estado".

No fim de agosto, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, decretou estado de alerta na cidade por causa da dengue. Outra prioridade do combate à dengue no verão é agilizar as vistorias de imóveis particulares e comerciais.          

veja também