MENU

Segunda edição do Prêmio Bom Exemplo 2011 é lançada em BH

Segunda edição do Prêmio Bom Exemplo 2011 é lançada em BH

Atualizado: Terça-feira, 3 Maio de 2011 as 3:37

Foi lançada nesta terça-feira (3) em Belo Horizonte a segunda edição do Prêmio Bom Exemplo 2011. O objetivo da iniciativa é mostrar pessoas e valores que se destacaram em determinadas áreas no ano passado em Minas Gerais. O evento é uma realização da TV Globo Minas e da Fundação Dom Cabral.

Em 2010, pessoas que deram bons exemplos de cidadania foram homenageadas. Neste ano, outras oito categorias foram incluídas no prêmio: ciência, economia e desenvolvimento de Minas, educação, inovação, meio ambiente, cultura, esporte e personalidade do ano. A categoria cidadania, assim como no ano passado, recebe indicações da sociedade em geral, as outras serão indicadas por parceiros do projeto.

Maria José Ocelli, vencedora do Prêmio Bom Exemplo 2010 (Foto: Pedro Triginelli/G1)

  O projeto Cantinho do Céu da Terra, vencedor do prêmio em 2010, costura enxovais para ajudar crianças de dois a seis anos. De acordo com a coordenadora do projeto, Maria Jose Ocelli, o prêmio ajudou a divulgar o trabalho. “Ganhamos cinco voluntárias após o prêmio. Estamos conseguindo fazer 60 enxovais por mês. Estamos tendo um retorno muito positivo”, disse.

O diretor regional da TV Globo Minas, Marcelo Matte, disse que o trabalho dessas pessoas anônimas tem que ser divulgado. “Nós precisamos mostrar o trabalho dessas pessoas, mostrar o exemplo delas. Tem muita gente boa, fazendo coisa boa”, explicou.

De acordo com o presidente da Fundação Dom Cabral, Emerson de Almeida, este tipo de projeto ajuda a construir um mundo melhor.

Dora Alves, da ONG "As meninas de Dora" (Foto: Pedro Triginelli/G1)

  Outro projeto homenageado em 2010, a ONG ‘As meninas de Dora’, ensinam pessoas de todas as idades a cortar cabelo para que elas tenham uma renda. A presidente da ONG, Dora Alves, disse que com o prêmio o projeto pode ter uma continuidade. “Eu vou até presídios, morros, quilombos e abrigos ensinar as pessoas. O projeto pode ter uma continuação. Eu fico muito feliz quando um menino ou menina troca uma arma por uma escova”, disse.

No dia 23 de maio será encerrada as indicações populares para a categoria cidadania. No dia 6 de junho começa a votação pela internet para esta categoria. No dia 20 de junho será conhecido o vencedor em cidadania.

As demais categorias serão escolhidas por um júri formado por representantes de parceiros e convidados. O arquiteto Gustavo Penna, que faz parte deste júri, explica que os projetos devem ter continuidade. “A gente não quer que fique apenas na premiação. Tem que ter uma continuidade”, explicou.      

veja também