MENU

Seis pessoas são suspeitas de desvio de dinheiro público no PR

Seis pessoas são suspeitas de desvio de dinheiro público no PR

Atualizado: Sexta-feira, 15 Julho de 2011 as 11:12

Um policial militar e seis funcionários de um posto de gasolina foram indiciados pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) por desvio de dinheiro público, em Foz do Iguaçu, na região Oeste do Paraná.

Segundo o delegado Alexandre Rorato, as investigações começaram no início de 2011 e a fraude acontecia no abastecimento das viaturas do 14º Batalhão da Polícia Militar. Com autorização do PM envolvido, os funcionários do posto preenchiam as requisições para o uso de combustível, mas não abasteciam os veículos. As notas eram pagas pelo governo do estado e o dinheiro era dividido entre o policial, quatro funcionários e a proprietária do posto.

O Gaeco informou que a suspeita é de só o policial militar tenha desviado em dois anos cerca de R$ 300 mil.

O inquérito foi encaminhado ao Ministério Público. Os envolvidos poderão responder pelos crimes de peculato, formação de quadrilha e falsidade ideológica. A pena para esses três crimes varia de quatro a 20 anos de prisão.            

veja também