MENU

Senado aceita recurso e adia cumprimento da cassação de Expedito Júnior

Senado aceita recurso e adia cumprimento da cassação de Expedito Júnior

Atualizado: Terça-feira, 3 Novembro de 2009 as 12

A Mesa Diretora do Senado aceitou nesta terça-feira (3) recurso do senador Expedito Junior (PSDB-RO), cassado pela Justiça Eleitoral por compra de votos. Com isso, fica adiado o cumprimento da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que determinava a cassação imediata do mandato do parlamentar.

No recurso, o tucano pediu o direito de apresentar defesa na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) antes do Senado cumprir a decisão do Supremo. O PDT estuda pedir a prisão dos membros da Mesa por descumprimento da decisão do STF.

Expedito Júnior foi cassado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em junho do ano passado, mas continuava no cargo. A cassação foi reiterada pelo Supremo na semana passada.

A posse do substituto de Expedito Júnior, Acir Gurgacz, do PDT, estava marcada para a tarde de hoje (3). Gurcgacz foi derrotado nas eleições de 2006, mas seria empossado pois os dois suplentes de Expedito Júnior também foram cassados pelo TSE.

veja também