MENU

Senado elege e empossa nova Mesa Diretora

Senado elege e empossa nova Mesa Diretora

Atualizado: Quarta-feira, 4 Fevereiro de 2009 as 12

Senado elege e empossa nova Mesa Diretora

Depois de um acordo partidário e um dia após a eleição de José Sarney para a Presidência da Casa, o Plenário do Senado elegeu e empossou na tarde desta terça-feira, 3 de fevereiro, cinco integrantes da Mesa Diretora. Pelo acordo, os partidos apoiaram o critério de proporcionalidade no preenchimento dos cargos - os maiores partidos puderam escolher as primeiras posições na Mesa. Só não houve acordo para o posto de 4º secretário, pois o lugar é reivindicado tanto pelo PDT quanto pelo PR. Por essa razão, o presidente José Sarney decidiu deixar para esta quarta-feira, 4, a votação para a 4ª Secretaria e para os quatro cargos de suplentes.

O novo 1º vice-presidente do Senado é o senador Marconi Perillo (PSDB-GO), que chegou a discursar como membro da Mesa ainda na sessão desta terça. Para a 2ª Vice-presidência foi eleita a senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), enquanto a 1ª Secretaria coube ao senador Heráclito Fortes (DEM-PI). Foram eleitos ainda nesta terça os senadores João Vicente Claudino (PTB-PI) como 2º secretário e Mão Santa (PMDB-PI) como 3º secretário. O voto foi secreto e os eleitos obtiveram 71 votos favoráveis e 6 contrários. Não houve abstenções.

A votação foi antecedida por um debate entre o PDT e o PR. O líder do PDT, senador Osmar Dias (PR), pediu ao presidente José Sarney que informasse qual era a posição do seu partido na proporcionalidade, levando em conta que a agremiação conta hoje com cinco senadores. A Mesa informou que o PDT tem a sexta maior bancada, considerando o número de senadores atualmente no exercício do mandato.

O senador Expedito Júnior (RO), do PR, questionou o critério da Mesa, ponderando que se deve levar em consideração o número de senadores em fevereiro de 2007, quando começou a atual legislatura. Para ele, à época, o PDT contava com quatro senadores, mesmo número que o PR tinha na ocasião. Assim, o PR pretende indicar o senador Magno Malta (ES) para disputar o cargo de 4º secretário, enfrentando a senadora Patrícia Saboya, indicada pelo PDT.

O presidente José Sarney disse esperar que os partidos entrem em acordo sobre o cargo até a tarde desta quarta, 4, antes da última fase da eleição para a Mesa.

Após a votação, os senadores enalteceram os integrantes da nova Mesa, muitos deles ressaltando que ela conta com a participação dos três senadores do Piauí (Mão Santa, Heráclito Fortes e João Vicente Claudino). Até a escolha de todos os integrantes da Mesa, o Plenário do Senado não faz sessões normais de votação ou de debates - realiza "reuniões preparatórias" para a eleição da Mesa.

Após a eleição dos cinco integrantes da Mesa, o senador José Sarney passou a presidência dos trabalhos ao novo 1º vice-presidente, Marconi Perillo, para que ele continuasse a reunião. Ao final, a "segunda reunião preparatória" dos trabalhos do Senado neste ano foi suspensa até a tarde desta quarta, 4, às 15h, para a votação final da Mesa.

veja também