MENU

Senado pagará R$ 1,9 milhão para fazer nova praça de alimentação para funcionários

Senado pagará R$ 1,9 milhão para fazer nova praça de alimentação para funcionários

Atualizado: Sexta-feira, 8 Janeiro de 2010 as 12

Na primeira licitação do ano, o Senado abriu concorrência para contratar empresa que construa uma nova praça de alimentação, que poderá custar até R$ 1,92 milhão. A obra será feita no estacionamento dos blocos de apoio da casa.

Segundo o edital de 96 páginas, publicado no ''Diário Oficial'' da União desta quinta-feira, o pregão está marcado para o dia 9 de fevereiro. A previsão é de que a nova praça de alimentação esteja pronta em julho.

A aérea, que irá abrigar restaurantes e lanchonetes, deve ter cerca de 1.000 m2, segundo o edital. A Direção do Senado justifica que a obra irá proporcionar aos funcionários ''serviços de alimentação que atendam todas as determinações da vigilância sanitária''.

O edital exige que a empresa contratada faça o serviço em três turnos todos os dias. O prazo máximo para a conclusão é de 120 dias. A nova praça ficará sobre uma estrutura metálica, que custará R$ 340 mil.

Ontem, o Senado divulgou que os gastos com pagamentos de horas extras aumentam R$ 3,7 milhões no ano passado, mesmo depois do anúncio de medidas para reduzir as despesas da Casa tomadas em meio à crise política que atingiu a instituição no ano passado. Segundo informações da Secretaria de Comunicação do Senado, os gastos com horas extras no ano passado subiram de R$ 83,9 milhões em 2008 para R$ 87,7 milhões em 2009.

veja também