MENU

Senador Marcelo Crivella - Nova Nota à Imprensa

Senador Marcelo Crivella - Nova Nota à Imprensa

Atualizado: Segunda-feira, 23 Junho de 2008 as 12

Senador Marcelo Crivella - Nova Nota à Imprensa

O jornal O Globo, em sua edição deste domingo, publica reportagem sobre o funcionamento da ONG Sorria Meu Rio.

Apesar de ter constatado a plena prestação do serviço odontológico, para o qual foi criada a ONG, a reportagem "TCE investiga contrato de ONG fundada por Crivella" levanta suspeita sobre a seriedade e a importância do trabalho ali realizado. Por isso, tenho a esclarecer:

1. Nunca escondi que fundei a ONG Sorria Meu Rio. A informação consta da minha página pessoal na internet, abrigada no site do Senado Federal. Fiz a doação inicial de R$ 150 mil que foi metade do que ganhei no programa Show do Milhão do SBT. A outra metade doei para a AACD; fui o idealizador da ONG, mas não mantenho vínculos formais com ela. Não faço parte da Diretoria e não tenho qualquer gestão. Minha participação tem sido doações sempre que posso;

2. O valor repassado à ONG, mensalmente, pela prefeitura do município de São Gonçalo, de pouco mais de R$ 8 mil, é compatível com a média mensal de 400 atendimentos gratuitos. O próprio jornal constatou a presença de "médicos trabalhando no local e pacientes sendo recebidos", o que demonstra o pleno funcionamento da entidade;

3. As questões contábeis levantadas na reportagem devem ser esclarecidas pela prefeitura do município de São Gonçalo ao Tribunal de Contas do Estado ou a qualquer outro órgão fiscalizador;

4. No que parece uma tentativa de desqualificar o serviço prestado pela ONG, o jornal destaca o fato de que os pacientes maiores de 17 anos têm de pagar pelo tratamento. O Globo ilustra, esta tese, com o depoimento de um paciente, não identificado, que reclama da cobrança de R$ 15 de pessoas maiores de 17 anos. A informação desta cobrança é pública - consta, inclusive, da minha página pessoal na internet. O valor informado no site é de R$ 10. Mas, isso, longe de caracterizar má fé, é resultado apenas de desatualização da informação. Ressalto que o atendimento a menores de 17 anos é gratuito;

5. O endereço da ONG que consta da minha página pessoal também está desatualizado. A falha, entretanto, não impediu que a reportagem chegasse ao local onde a Sorria Meu Rio funciona plenamente;

6. Reforço a importância do serviço prestado pela ONG Sorria Meu Rio à população de São Gonçalo e o devotado esforço de seus funcionários para cuidar de milhares de crianças carentes.

7. Reafirmo minha disposição de prestar contas ao povo do Rio de Janeiro. Mas volto a dizer que acho estranho o interesse do jornal em publicar matérias, que na minha opinião têm evidentes teores acusatórios, às vésperas do início da disputa pela prefeitura da cidade do Rio de Janeiro, quando meu nome aparece com boa aceitação pelo eleitorado nas pesquisas de intenção de voto.

8. Defendo que todas as ONGs do Brasil sejam permanentemente fiscalizadas e caso sejam encontradas irregularidades, as responsabilidades devem ser cobradas.

Senador Marcelo Crivella

veja também